Minhotos confirmaram triunfo no quinto set. Segundo lugar da tabela quase confirmado.

Num duelo entre duas equipas com situações na tabela distintas, foi a lei do mais forte que imperou. O VC Viana, segundo classificado do Campeonato Honda Serie dos Últimos, e a jogar em casa, necessitou da “negra” para vencer por 3-2 o Clube K, penúltimo classificado.

Os Marujos, que venceram os últimos quatro confrontos frente aos açorianos, entraram para esta partida com menos pressão depois da vitória no último jogo. Os forasteiros, que vinham de três derrotas consecutivas, precisavam de garantir a vitória para se esquivarem do play-off de despromoção e fugir do último lugar.

O primeiro set daria o mote para o resto do encontro. O resultado 28-26 conquistado pelos homens da casa, mostrou o equilíbrio das subidas à rede. O segundo parcial seria quase fotocópia do primeiro. Quase, isto porque o resultado de 28-26 desta vez seria favorável ao Clube K. O terceiro set colocou novamente os minhotos na frente do jogo. A vitória por 27-25 antecipava a dificuldade que o VC Viana sentiria no jogo quatro.

Set cá, set lá, e ao quarto set, a tendência manteve-se. Estava feito o 2-2. A equipa de Ivan Nunes, que lutava pela vida, aproveitou os constantes deslizes e desatenções dos marujos para sentenciar o parcial mais desequilibrado em 25-15. A negra foi marcada por algumas dificuldades físicas.

A emotividade e esforço do jogo e mais a bagagem de cansaço de uma época marcou o fim das esperanças para o Clube K. O último set pendeu para os comandados de João Carronha (15-12), que confirmaram a segunda vitória consecutiva.

Com a manutenção já garantida, o VC Viana receberá, esta sexta-feira, o lanterna vermelha, AA Espinho. O Clube K só jogará dia 25, também com o AA Espinho do outro lado da rede, um jogo que será importante nas contas dos dois últimos lugares da tabela classificativa.