A equipa de Luís Castro foi mais forte e conseguiu um triunfo importante. Wakaso abriu a contagem logo aos quatro minutos.

Em jogo a contar para 28ª jornada da Liga NOS, o Vitória SC recebeu o GD Chaves em Guimarães e impôs uma derrota por 4-0. O resultado garantiu ao Vitória SC afastar-se do Belenenses SAD.

O primeiro golo veio aos quatro minutos de jogo com Wakaso a abrir o marcador. Os jogadores adversários reclamaram um toque com mão na bola, mas o árbitro da partida validou o tento. Aos 10 minutos, Tozé converteu um penálti, firmando a posição da equipa na liderança do encontro.

Pouco tempo depois, com o recurso ao VAR, o segundo golo de Tozé foi anulado, devido a posição irregular do jogador quando recebeu o passe. Aos 33 minutos de jogo, uma confusão na área, combinada com uma defesa desajeitada do guarda-redes vimaranense, quase resultou num golo do GD Chaves.

O susto fez com que o Vitória SC voltasse a atacar. Antes do fim da primeira metade, veio o terceiro golo, num remate forte de Rochinha, que encontrou o canto da rede da baliza da formação flaviense. O camisola 50 da formação da casa, já aos 45 minutos do primeiro tempo, voltou a oferecer perigo, ao enviar uma bola ao travessão.

Os visitantes voltaram dos balneários dispostos a minimizar a goleada. Contudo, a inspiração da equipa de Luís Castro deitou por terra a reação dos transmontanos. A formação minhota, na segunda metade, manteve as ofensivas e terminou por encerrar a goleada com o quarto golo de Alexandre Guedes, aos 79 minutos.

Com este resultado, o GD Chaves segue na penúltima colocação do campeonato, enquanto o Vitória SC alarga a distância para o Belenenses SAD. Na próxima semana, na sexta-feira, o GD Chaves enfrenta o Benelenses SAD e, no domingo, os vimaranenses defrontam o Rio Ave, no Estádio dos Arcos.