Homem do jogo

Miguel Gomes

O jogador do Arsenal C. Devesa foi uma peça crucial no empate da equipa. Além de ter sido o melhor marcador, juntamente com Sérgio Ribeiro do CCR Fermentões, Miguel Gomes teve também um papel importante nas ações defensivas.

Em cima

Equipa do Arsenal C. Devesa

O conjunto arsenalista esteve muito bem e deu luta até ao fim, tendo-se refletido no resultado. Durante a primeira parte, a vantagem no marcador alternou sempre entre as duas equipas. Ao minuto dez, o Arsenal C. Devesa começou a perder o ritmo e o CCR Fermentões aproveitou a falta de eficácia. No entanto, Gabriel Oliveira começou a apostar em sete jogadores de campo (sem guarda-redes). A técnica do treinador deu resultado, porque nos instantes finais os bracarenses acordaram e conseguiram chegar ao empate.

Em baixo

Lesão de Nuno Pinheiro

O número 15 do CCR Fermentões teve um contratempo na primeira parte. No momento da rotação para apanhar uma bola defendida pelo guarda-redes adversário, Nuno Pinheiro pousou mal o pé. O jogador, aparentemente, sofreu uma entorse no tornozelo e passou o resto do jogo no banco com gelo.

Defensiva do CCR Fermentões

No geral, a equipa vimaranense não esteve num dia tão inspirado e, para agravar, na primeira parte, Nuno Pinheiro lesionou-se. Contudo, nos momentos de ataque os golos foram surgindo. O maior erro foi mesmo na defesa. Além do demérito do CCR Fermentões, que em alguns momentos ficava parado em vez de cobrir o adversário, os jogadores do Arsenal C. Devesa tiveram mérito na construção de oportunidades e concretização de golos.