Os minhotos estiveram na frente do placard, mas viram os adversários dar a volta. A equipa da casa mostrou-se forte em segurar o jogo quando foi necessário.

O Pavilhão Gimnodesportivo do Modicus recebeu, neste sábado, a partida válida pelo segundo jogo dos quartos de final do play-off da Liga Sport Zone entre Modicus e SC Braga/AAUM. O confronto ficou em aberto durante a maior parte do tempo, mas terminou com a vitória dos pupilos de Ricardo Ferreira por 2-1.

No primeiro jogo os minhotos triunfaram por 6-3. Assim, os Gverreiros do Minho garantiam a passagem às meias finais caso vencessem esta partida. Pelo contrário, os anfitriões tinham de ganhar para levar a decisão para o terceiro e último jogo.

O treinador Paulo Tavares, ao saber que o adversário seria intenso na marcação e saída de bola, posicionou os seus jogadores de modo a prever os movimentos do Modicus. Logo aos quatro minutos, Ricardinho marcou para os visitantes. Após o golo bracarense, o ímpeto dos Gverreiros diminuiu e a partida abrandou. A primeira parte terminou em 1-0.

Na volta dos balneários, Ricardo Ferreira não fez alterações no plano de jogo de sua equipa, porém ainda havia ineficácia dos jogadores na hora de finalizar. No minuto 28, Joel Queirós, numa boa jogada individual, empatou a partida. A tensão aumentou e o próprio Joel foi expulso momentaneamente depois de receber dois cartões amarelos consecutivos.

Os minhotos não aproveitaram a vantagem numérica e, logo de seguida, viram o árbitro marcar uma grande penalidade para os adversários. Fábio Lima rematou, mas perdeu a chance de virar a partida a favor do Modicus. Contudo, os anfitriões tiveram ainda dois livres de dez metros. O primeiro foi desperdiçado, mas Óscar marcou no segundo e consagrou a reviravolta da sua equipa no último minuto de partida.

O próximo confronto entre as equipas é amanhã e o vencedor avança para as meias finais da Liga Sport Zone.