Mulher do jogo

Vanessa Marques

As palavras são escassas para caracterizar aquilo que Vanessa Marques fez durante a temporada. Na partida deste domingo, a jogadora de 23 anos juntou mais três tentos à sua conta pessoal e terminou o campeonato com 30 golos apontados. Líder das bracarenses dentro do terreno de jogo, vem mostrando que tem predicados para atingir patamares mais elevados

 

Em cima

Margarida Machado

A jogadora mais inconformada do conjunto de Vila Verde. Combativa, liderou a linha defensiva, sendo uma constante ouvir-se indicações da jovem de 20 anos às suas colegas de equipa. Sendo certo que o Vilaverdense terminou a partida com cinco golos sofridos, a verdade é que “Guida” lutou sempre para contrariar o domínio bracarense.

Apoio do público

Numa partida em que as equipas já tinham o destino traçado (SC Braga sagrou-se campeão na jornada anterior e o Vilaverdense tinha visto a descida de divisão ser confirmada há duas semanas) podia esperar-se pouco público no estádio, mas aconteceu exatamente o oposto. Bancadas bem preenchidas, principalmente por adeptos do SC Braga, que aproveitaram para saudar as jogadoras pela conquista do título.

Em baixo

Problemas no sistema de rega

Num jogo típico de fim de temporada, o aspeto mais negativo acabou mesmo por ser a deficiência no sistema de rega do Estádio Municipal de Vila Verde. Um dos dispositivos de rega não permitia a projeção da água, fator que provocou o alagamento numa zona do terreno. De mal a menos, perante o forte sol que se fez sentir durante o encontro, as jogadoras aproveitaram as pausas para se deslocarem até esta zona do campo para se refrescarem.