Hoje é um dia especial. Celebra-se o dia mundial da criança, que logo nos remete, no que toca ao mundo do cinema, para os deliciosos filmes de animação. Para aqueles que ainda são criança este é um momento de conhecer e ver as melhores histórias animadas. Para outros, que já não têm a sorte de ser criança e arcam com outras responsabilidades, este é um momento de voltar atrás no tempo e rever os filmes que marcaram a infância, uma época onde tudo era bem mais simples. Este é o dia ideal para recordar como é ser criança e, por essa razão, o ComUM traz até ti os 10 melhores filmes de animação de todos os tempos, do mais antigo ao mais recente.

branca de neve e os sete anões

Branca de Neve (1937)- Este é dos mais emblemáticos filmes de animação, quer pela história cativante e nunca antes vista, quer pela qualidade técnica, revolucionária naquela época. O filme é um verdadeiro clássico Disney e a Branca de Neve é a primeira princesa Disney a chegar aos ecrãs. Como em qualquer clássico Disney, no filme existe drama e ação, assim como amizade e romance, como é da Disney característico. Apesar de depois deste filme, e anos mais tarde, outras histórias semelhantes terem chegado aos ecrãs, este ganha um lugar na nossa lista por ser uma verdadeira volta atrás no tempo, para onde tudo começou, e uma história que todas as crianças precisam de ver e rever.

cinderela

Cinderela (1950)- O segundo filme na lista é, também, um romance clássico da Walt Disney. O filme Cinderela destaca-se pela história emotiva, que mostra o lado bom e mau do mundo. É capaz de transmitir valores e mostrar que ser humilde e bondoso pode levar-nos mais longe. Para além disto, as músicas cativantes e os momentos cómicos conferem ao filme dinamismo. De entre outras histórias de princesas, Cinderela chega à nossa lista pela leveza com que aborda temas difíceis e a sua capacidade de envolver e fascinar. É um filme mágico.

rei leão

Rei Leão (1994)- Quando penso em filmes animados, este é um dos que logo me vem à cabeça. Depois de tantos anos, o filme “Rei Leão” continua a ser capaz de encantar mesmo quem já sabe a história de cor. Tudo no filme é verdadeiramente incrível, começando pela forma como mostram o amor incondicional, desta vez sem príncipes e princesas. As personagens são completas e bem construídas, o que nos aproxima e envolve com a história. Os cenários, próximos do real, trazem até nossas casas uma outra realidade, selvagem e excêntrica. O filme tem, então, todos os elementos para ser considerado um dos melhores filmes de animação.

toy story

Toy Story (1995)- A história circula, mais uma vez, em volta de valores de amizade e entreajuda, o que servirá para educar os mais novos que o assistem. O filme é genial e inovador, já que dá uma visão de como seria o mundo dos brinquedos sem os humanos por perto. No filme os brinquedos têm vida e acredito que todas as crianças já se tenham questionado como seria se isso fosse verdade. Apresenta, ainda, uma fantástica construção de personagens, com sonhos, medos e frustrações, ainda que sejam apenas brinquedos, o que mostra que qualquer um pode sentir-se dessa forma.  O filme é uma preciosidade, apresentado uma narrativa e visuais revolucionários.

shrek

Shrek (2001)- Muito diferente dos anteriores, o filme “Shrek” não podia deixar de ser referido. A história tem, também, um lado mais emotivo e inspirador, já que nos ensina que a beleza é mais do que aquilo que conseguimos ver com os nossos olhos. O mais característico do filme é o seu aspeto cómico e ousado. É contada uma história de amor, envolvendo príncipes e princesas, de uma forma completamente inesperada. Alguns dos momentos do filme são tão aleatórios que nos fazem rir à gargalhada.

monstros e companhia

Monstros e Companhia (2001)-  Pessoalmente, este é para mim o melhor filme de animação de todos os tempos, sobretudo pela história, que acho ser uma das mais criativas e inteligentes. O filme é espetacularmente bem feito, com personagens de apaixonar e uma narrativa que flui e nos envolve a cada momento. Encontramos um pouco de tudo, desde aventura e diversão, a momentos de maior tristeza. Confesso que alguns chegaram perto, mas nenhum filme ficou na minha memória como este.

os incriveis

Os incríveis (2004)- Quem não adora uma boa história de heróis? O filme “Incríveis” traz-nos exatamente isso, com um toque mais familiar e moderno. A história é madura e juvenil na quantidade certa. Se por um lado vemos os problemas e frustrações da vida adulta, por outro os membros mais jovens da família, trazem para o ecrã a energia necessária. É um daqueles filmes animados para ver com toda a família. Gostava ainda de mencionar a sequela deste filme, que foi para mim tão bom ou melhor que o primeiro, ainda que tenham 14 anos de diferença.

carros

Carros (2006)- Depois de histórias com brinquedos, monstros e ogres, chega ao cinema uma narrativa com um carro como protagonista. O filme “Carros” conta o mundo como se neste não existissem humanos, apenas carros, e que mundo incrível é esse! Foram tidos em conta os mais pequenos detalhes, o que mostra o cuidado com que foi produzido. Acho especialmente engraçado e inteligente que aquilo que os bares nesse mundo vendam seja combustível.  A comédia faz também parte do filme, sobretudo com a personagem Mate, melhor amigo de Faísca. Para além disto, com Faísca Mcqueen aprenderemos a lutar pelos nossos sonhos e a não ligar a críticas. Que mais poderemos nós querer?

Wall-E

Wall-E (2008)- Tenho de confessar que este filme consta na lista por acreditar que não tenha o reconhecimento que merece. É preciso que lhe seja dado o devido valor, já que esta é das melhores histórias do mundo animado. O filme “Wall-E” é totalmente diferente de tudo o que já viram. Move-se a um ritmo lento, dando-nos tempo para envolver no mundo de Wall-E e aproximar desta personagem, que é, sem dúvida, apaixonante. O filme é capaz de nos fazer refletir acerca dos nossos comportamentos e acreditar que o amor não segue regras e não encontra limites. É um filme arrepiante, que imploro que vejam.

Coco (2017)- De todos os últimos lançamentos, o filme “Coco” foi o que mais me impressionou. A história é, também, diferente de tudo o que já foi feito, mergulhando no mundo dos mortos de uma maneira bela, mágica e nada assustadora. Esta produção da Disney envolve o público como nunca antes visto, sobretudo pelas suas músicas e visuais incríveis, agora ainda mais inovadores do que antes. No filme, destaca-se ainda o uso de cor, que cria um ambiente cheio de vida e encanta os nossos olhos. Para o descrever numa palavra utilizaria o adjetivo “surpreendente”, pois deslumbra de uma forma completamente inesperada.