Esta foi a primeira edição da “Eco Village – Feira de Sustentabilidade”. No ano de 2019 a Universidade do Minho foi eleita a universidade mais sustentável do país.

A Avenida Central de Braga recebeu, esta sexta-feira, a primeira edição da “EcoVillage – Feira de Sustentabilidade”. A exibição contou com a presença de uma dezena de negócios sustentáveis, como a Verney, a BioBrassica e o Mercado Bio. A iniciativa foi organizada por um grupo de alunas de Ciências da Comunicação da UMinho em parceria com a Câmara Municipal de Braga (CMB).

Eliana Oliveira, uma das organizadoras, acredita que “o apoio da CMB foi essencial”, tendo contribuído “imenso em termos de logística”. Apesar do evento surgir como trabalho para uma unidade curricular, a aluna considera que “a sustentabilidade é um tema que está muito presente na cidade de Braga”.

Quem passou perto da Igreja dos Congregados, local onde se realizou a feira, deparou-se com escovas e palhinhas de bamboo, produtos alimentares vegan e biológica e ainda calçado e vestuário cruelty-free. Inês Dias, outra aluna organizadora, considera que “as empresas deram um feedback positivo”, existindo “algumas a pedirem uma segunda edição”.

Braga foi considerada, em 2018, a segunda cidade mais sustentável do país e, no ano de 2019, a Universidade do Minho foi eleita a universidade mais sustentável do país. Inês Dias faz um balanço positivo da Feira de Sustentabilidade. “As pessoas aderiram muito e ficaram muito tempo em cada banca, tiveram curiosidade em perceber porque é que cada banca estava aqui e de que forma as pessoas produzem os seus produtos”, adiantou a aluna.