Número um português deu boa réplica perante Borna Coric, atual campeão do ATP 500 alemão.

Depois de três vitórias consecutivas, o minhoto João Sousa não conseguiu dar seguimento ao bom momento. Na segunda ronda do Noventi Open, na cidade alemã de Halle, o número um nacional foi derrotado pelo atual campeão em título da prova, Borna Coric (14.º ATP), em três sets. O croata triunfou com parciais de 7-6(4), 5-7 e 7-6(4).

O encontro primou pelo equilíbrio entre os dois tenistas, que proporcionaram um bom espetáculo aos muitos adeptos presentes no Court Central do Gerry Weber Stadium. No primeiro set, o português foi o primeiro a conseguir chegar ao break, mas nem teve tempo de festejar. Coric devolveu a quebra de serviço logo de seguida e só o tie-break pôde separar os dois tenistas.

No desempate, o primeiro mini-break foi conquistado por João Sousa, mas o croata voltou a ter capacidade de reação e arrecadou a primeira partida. No segundo parcial, porém, as coisas mudaram.

Com menos erros não forçados, com uma boa percentagem de primeiros serviços e com um slice traiçoeiro, que causou muitas dificuldades a Coric, Sousa descobriu a receita para o sucesso. O tenista orientado por Frederico Marques aproveitou quando a oportunidade surgiu e, ao 11.º jogo, conseguiu o break que necessitava para levar o encontro a uma terceira partida.

A fase inicial do último set ficou marcada por algum desconforto sentido por Borna Coric na zona lombar. Depois de ter sido assistido pelo fisioterapeuta do ATP, o croata voltou ao court e continuou a ter dificuldades para lidar com as respostas de Sousa. O português dispôs de um total de quatro break points durante o parcial, mas não conseguiu capitalizar em nenhuma das ocasiões.

De volta ao tie-break para decidir o vencedor, tudo apontava para que fosse João Sousa a conseguir o apuramento para os quartos de final. O tenista de 30 anos conseguiu o primeiro mini-break e adiantou-se por 4-2. Porém, um erro de direita quando servia em busca do 5-2 deitou tudo a perder. Na sequência do primeiro erro surgiram outros e Coric aproveitou para alinhar cinco pontos de forma consecutiva, que lhe permitiram selar o triunfo ao fim de duas horas e 56 minutos de jogo.

Arredado da prova alemã, João Sousa abandona Halle com três triunfos na bagagem. A próxima paragem do tenista vimaranense é na Turquia, mais concretamente na cidade de Antália. O ATP 250, que se joga na próxima semana naquela cidade, é, de resto, a última prova disputada por João Sousa antes de rumar ao All England Club, onde vai participar no quadro principal de Wimbledon, o terceiro Grand Slam da época.