Tenista português vai, pela segunda vez consecutiva em duas semanas, jogar os quartos de um ATP em terra batida.

João Sousa carimbou, esta quinta-feira, o passaporte para os quartos de final do ATP 250 de Gstaad, na Suíça. O atual 49º do mundo impôs-se em sets diretos ao italiano Gian Marco Moroni, 265º do ranking, com duplo 6-4, após uma hora e 32 minutos de jogo.

O vimaranense fez uma partida consistente, conseguindo manter uma boa percentagem de primeiros serviços e controlando os pontos com a primeira bola. Na resposta, o número um português descobriu vários break points. Contudo, só conseguiu converter um dos três de que dispôs no primeiro set. Mesmo assim, foi o suficiente para vencer o primeiro parcial.

O português entrou melhor na segunda partida e conseguiu o break no mesmo momento em que havia conseguido no parcial inaugural. João Sousa conseguiu ficar ainda mais confortável na partida depois da quebra ao terceiro jogo, apesar de ter sofrido um break point pouco depois.

João Sousa já superou, assim, a prestação do ano passado nesta prova, na qual foi eliminado na primeira ronda. No próximo encontro, o português vai ter pela frente o vencedor da partida entre os espanhóis Roberto Bautista-Agut e Jaume Munar.