Os gilistas foram mais fortes na segunda parte do dérbi. A jogar fora de casa, os braguistas perderam novamente pontos.

O Gil Vicente recebeu o SC Braga no Estádio Cidade de Barcelos para o primeiro dérbi minhoto, no passado domingo. O confronto que prometia muita emoção não dececionou e terminou empatado a 1-1.

Após o apito inicial não foi preciso esperar muito para que o golo inaugural surgisse. Aos seis minutos, Wenderson Galeno fez balançar as redes defendidas por Denis, dando a vantagem ao SC Braga. O Gil Vicente respondeu com vários ataques, mas todos sem sucesso. Os visitantes, por outro lado, estavam a conseguir chegar à baliza gilista com bastante perigo. A partida foi para intervalo com os arsenalistas a vencer por 0-1.

Na segunda parte, a formação treinada por Vítor Oliveira veio destinada a importunar os braguistas. A dominar a posse de bola e a criar várias situações de golo, o Gil Vicente só não igualou o marcador por falta de eficácia.

Ao minuto 50, a partida teve de ser interrompida devido a uma falha de energia elétrica. O Estádio Cidade de Barcelos só voltou a ter iluminação 30 minutos depois, tendo a partida recomeçado de imediato.

Os gilistas não tiraram o pé do acelerador após a paragem e partiram logo em busca de recuperar da desvantagem. Aos 78 minutos, Sandro Lima teve a oportunidade de igualar a partida e não tremeu. O fim do jogo ficou marcado pela grande pressão da equipa da casa, no entanto, o 61º confronto entre arsenalistas e galos terminou mesmo empatado.

A próxima partida do Gil Vicente é dia 31 contra o Vitória FC. O SC Braga vai, por outro lado, defrontar o Spartak Moscovo dia 28, para a Liga Europa. No campeonato, os braguistas recebem, na próxima jornada, o SL Benfica.