Famalicenses somam terceira vitória na Liga NOS e lideram ao fim de quatro jornadas.

O FC Famalicão deslocou-se, este sábado, ao reduto do Desportivo das Aves, para disputar a quarta jornada da Liga NOS. Num jogo onde houve três expulsões, duas de jogadores e uma de um membro da equipa médica famalicense, a equipa de João Pedro Sousa venceu por 2-3.

Os primeiros 45 minutos foram equilibrados e com oportunidades para ambos os lados. A primeira surgiu do lado da turma visitante, através de Pedro Gonçalves que enviou a bola à barra, de livre direto. O Desportivo das Aves respondeu três minutos depois, com um passe de Miguel Tavares da esquerda para Mohammadi, no centro, que viu a investida esbarrar na defesa de Defendi.

O golo famalicense chegou aos 14 minutos, depois de uma boa combinação, na direita, entre Pedro Gonçalves e Rúben Lameiras, que assistiu Nehuen para a abertura do marcador.

Até ao empate, os pupilos de Augusto Inácio dispuseram de duas boas oportunidades para empatar, fruto da exploração da zona central, que, no entanto, foram anuladas por fora de jogo. Mas, como não há duas sem três, aos 29 minutos, os avenses voltaram a explorar a zona central e conseguiram um livre direto perigoso e a expulsão de Lionn, que agarrou Mohammadi quando este seguia isolado para a baliza. Na conversão da falta, o iraniano não desperdiçou.

Aos 38′, Fábio Martins assustou os adeptos da casa, com um remate acrobático que foi parado por Beunardeau. Ainda antes do intervalo, Mohammadi poderia ter feito o 2-1, novamente em virtude da exploração da zona central. No entanto, o iraniano viu a tentativa de chapéu sair fora do alvo.

A segunda parte caracterizou-se pelas inúmeras paragens no jogo. A equipa visitante voltou à liderança no marcador, aos 58 minutos, depois de uma grande penalidade cometida por Mehremic sobre Toni Martinez e cobrada por Fábio Martins.

Aos 77′, a bola sobrou à entrada da área para Bruno Xavier, que não conseguiu ser superior a Defendi. Quatro minutos depois, o Aves passou a jogar também com dez jogadores, devido à expulsão de Afonso Figueiredo.

Ainda no tempo regulamentar, Gustavo Assunção fez um grande passe para Anderson Oliveira, que tirou Rúben Macedo da frente e fez um grande golo. O último lance da partida, já aos 100 minutos, acabou mesmo em golo para a turma da casa. Welinton Júnior rematou contra um defesa e a bola sobrou para Kahraba que, livre de marcação, fechou o resultado em 2-3.

O FC Famalicão segue, assim, o bom caminho que tem vindo a traçar no campeonato e soma agora dez pontos. O próximo jogo da equipa é em casa contra o Paços de Ferreira, dia 15 de setembro.