Homem do jogo

Fransérgio

O médio arsenalista abriu o marcador na Pedreira. Fransérgio foi um todo terreno na partida frente ao Moreirense FC. O jogador de 28 anos apareceu muito bem no último terço do campo e, apesar de calcar zonas mais ofensivas, o capitão dos Gverreiros do Minho veio buscar jogo ao meio campo defensivo, participando na construção e combinando bem com Claudemir.

Em Cima

Equilíbrio do plantel do SC Braga

A turma orientada por Ricardo Sá Pinto procedeu a seis alterações em relação ao jogo da Liga Europa. Mesmo assim, a equipa mostrou um nível de desempenho igual ao do jogo com o Brøndby IF. Uma caraterística importante para a época dos arsenalistas, que lhes vai permitir rodar os jogadores sem perder qualidade.

Claudemir

O brasileiro mostrou o porquê de na temporada transata ter sido uma peça fundamental de Abel Ferreira. Inteligência, capacidade de passe e visão de jogo foram algumas das caraterísticas do médio que estiveram em evidência. Durante a partida, Claudemir soube gerir os momentos da partida e transpôs para o resto da equipa. Nos minutos finais, o jogador sempre que possível congelava o jogo, descansava com bola, já a pensar no embate para a Liga Europa a meio da semana.

Em Baixo

Jogo de pés de Matheus

O guardião dos arsenalistas teve um desempenho muito fraco quando tinha a bola nos pés. Em duas situações colocou a equipa em perigo ao bater rasteiro para o meio campo em momentos de recuperação dos bracarenses. O guardião tem que melhorar a receção, o passe, e mesmo a forma como bate longo. Numa equipa como o SC Braga, o guarda-redes não pode tremer sempre que é solicitado.

Moreirense FC. Quem te viu e quem te vê.

Os cónegos estão uns (bons) furos abaixo da qualidade da época transata. Os forasteiros na primeira parte pouco atacaram e estiveram sempre em bloco baixo, longe do estilo ofensivo da época passada. O Moreirense FC teve sempre os três setores muito afastados, e piorou quando Filipe Soares se lesionou, uma vez que o jovem parecia o elo de ligação da equipa. O Moreira a defender deixou muito espaço nas costas dos médios, espaço que o SC Braga não soube explorar.