As bracarenses venceram o Apollon Ladies por 1-0. O apuramento ficou garantido com um jogo ainda por realizar.

O SC Braga está apurado para os 16 avos de final da Liga dos Campeões. No segundo jogo do grupo sete da fase de qualificação, que se joga na cidade letã de Riga, as minhotas bateram as cipriotas do Apollon Ladies por 1-0.

O único golo do encontro surgiu bem cedo, ainda dentro dos primeiros dez minutos. Vanessa Marques, descaída para a direita do ataque, colocou a bola por cima da defesa adversária para a velocidade de Shade Pratt, que desviou de pé direito para fora do alcance da guarda-redes cipriota. A camisola número dois do SC Braga apontou o segundo golo em outros tantos jogos na competição.

O tento trouxe tranquilidade à equipa minhota e veio também premiar aquela que tinha sido uma melhor entrada das jogadoras de Miguel Santos na partida. Sempre com mais posse de bola e instaladas no meio-campo contrário, as minhotas foram procurando o segundo golo. Nesse aspeto, a norte-americana Hannah Keane foi sempre uma das mais interventivas e deu muitas dores de cabeça à defesa do Apollon Ladies. Ao intervalo, a vantagem bracarense era mínima.

Na segunda parte, as arsenalistas entraram mais relaxadas e as cipriotas tiveram uns dez minutos iniciais de maior iniciativa. Porém, foi apenas de bola parada que a equipa do Apollon Ladies conseguiu chegar com perigo à baliza de Rute Costa. A guarda-redes minhota realizou também uma excelente exibição, com um punhado de belas intervenções que seguraram a magra vantagem durante todo o encontro.

Com uma jornada ainda por realizar, o SC Braga tem já garantida a presença na fase principal da Liga dos Campeões. As Gverreiras do Minho tornam-se na segunda equipa portuguesa a conseguir alcançar o feito, depois do Atlético Ouriense o ter conseguido em 2014/2015. A fechar a estadia em Riga, o SC Braga defronta as anfitriãs do Rigas FS, na próxima terça-feira. A partida tem início marcado para as 16 horas.