João Sousa venceu o primeiro set, mas não foi capaz de segurar a vantagem. Vimaranense cai nas meias-finais.

João Sousa defrontou, este sábado, Borna Coric, número 15 mundial, no ATP 250 de São Petersburgo. O português perdeu nas meias-finais com o croata por 3-6, 7-6(5) e 6-1, e não conseguiu repetir o feito de 2015, onde chegou à final da prova.

O Vimaranense procurava a desforra com Coric da derrota em Halle. Com uma boa entrada na partida, Sousa aproveitou o único break conseguido durante o encontro para vencer o primeiro set.

A segunda partida foi mais equilibrada, com ambos os atletas a fazerem do serviço o seu ponto forte. Desta forma, só o tie-break foi capaz de separar os dois, sendo que o croata até chegou primeiro ao mini-break. No entanto, o português aproveitou um erro do adversário e recuperou a desvantagem.

O croata voltou a ligar o motor e conseguiu mais um mini-break. João Sousa também não se deixou ficar e voltou a recuperar a desvantagem logo de seguida, com uma pancada de direita, à qual o croata não conseguiu dar a resposta que queria, e enviou a bola para fora. Contudo, pouco tempo depois, Coric conseguiu superiorizar-se com um volley junto à rede, que lhe permitiu conquistar o set point, que viria a ser-lhe uma mais valia na terceira partida.

Depois de conseguir mudar o encontro com o desfecho do segundo set, o croata entrou na terceira partida com tudo e conseguiu quebrar o serviço do português logo no jogo inaugural. O tie-break foi bastante penoso para João Sousa que, até ao final, não mais se conseguiu encontrar na partida.

João Sousa vira agora o seu foco para a viagem à China, onde irá disputar o ATP 250 de Chengdu. O português vai ter pela frente Hyeon Chung, antigo top 20 mundial.