João Sousa garantiu esta manhã o primeiro ponto para Portugal em solo bielorrusso e deixou a equipa portuguesa um passo mais próxima da Davis Cup Qualifiers.

A cidade de Minsk recebeu, esta sexta-feira, o arranque da eliminatória entre Portugal e Bielorrússia, referente ao Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis. João Sousa, 64.º colocado no ranking ATP, venceu o encontro frente a Illya Ivashka, 135.º classificado na hierarquia mundial, pelos parciais de 4-6, 6-1 e 6-2, ao fim de uma hora e 40 minutos de jogo.

O encontro começou agridoce para João Sousa, com o português a perder o primeiro set por 6-4. Ivashka jogou nos erros do tenista português, conseguindo quebrar o serviço por duas vezes. O bielorrusso apresentou-se muito bem na resposta ao serviço e o vimaranense acabou por ceder.

Face à derrota na primeira partida, o português entrou com outra postura no arranque do segundo set. Sousa começou a variar mais as pancadas e a surgir várias vezes junto à rede. Ivashka não conseguiu reagir ao bom jogo do minhoto, acusando várias dificuldades e acumulando sucessivos erros. O número um nacional somou nove jogos consecutivos, que lhe permitiram vencer o segundo parcial e construir uma vantagem decisiva no terceiro.

O terceiro set ditou, mais uma vez, a eficácia da tática aplicada pelo tenista minhoto, que estabeleceu uma vantagem de 4-0 face ao número 135 do ranking ATP. Ivashka teve de receber assistência médica no pulso direito, e a possibilidade de virar o resultado do terceiro parcial ficou cada vez mais distante. O jogador natural de Guimarães não vacilou e ganhou os últimos dois jogos que faltavam para assegurar o primeiro ponto da seleção nacional na eliminatória.

A eliminatória prossegue este sábado e encontra-se empatada, uma vez que João Domingues não conseguiu levar a melhor sobre Egor Gerasimov ao início da tarde desta sexta-feira. João Sousa regressa ao court a partir das 09h (horário de Portugal Continental) para jogar o encontro de pares, ao lado de Pedro Sousa. O número um nacional regressa depois aos singulares para defrontar Egor Gerasimov, num encontro que poderá ditar o vencedor da eliminatória.