Vitória SC teve jogador expulso no primeiro minuto. Dois dos três golos apareceram no final do jogo.

Em jogo a contar para a quarta jornada da Liga NOS, os comandados de Ivo Vieira visitaram, este domingo, o FC Porto, no Estádio do Dragão. Dois golos de Marega e um de Marcano selaram a derrota do Vitória SC por 0-3, que chegou a ter dois jogadores a menos em campo.

Logo ao primeiro minuto, Edmond Tapsoba parou o ataque portista com falta sobre Marega, perto da grande área. O central levou vermelho direto. Na cobrança do livre, Alex Telles bateu para fora do lado esquerdo da baliza defendida por Miguel Silva. Ao minuto 14, Corona cruzou pelo lado direito e encontrou Marega, que teve calma para marcar o primeiro golo da partida.

Ao minuto 18, foi a primeira chegada perigosa do Vitória SC à baliza azul e branca. Bom lance de Rochinha que terminou em remate defendido por Marchesín. Já no segundo tempo, num livre a favor da equipa de Guimarães, Zé Luis esteve perto de marcar na própria baliza.

Numa saída de bola que correu mal para os vimaranenses, Baró aproveitou a oportunidade para rematar forte, no entanto, o guarda-redes vitoriano impediu o golo. No seguimento do lance, chance para a equipa visitante de estrear-se no placard, mas o remate de Evangelista parou em Marchesín.

Ao minuto 79, Davidson foi punido com cartão amarelo por reclamação, e logo de seguida com cartão vermelho. Com a vantagem numérica ainda maior, os portistas lançaram-se ao ataque, e foram diversos os remates defendidos por Miguel Silva. No entanto, num lance em que o guardião dos forasteiros falhou, Marcano aproveitou uma bola solta e marcou o segundo golo do jogo.

Aos 93, Marega marcou o seu segundo golo e o terceiro dos visitados, fechando assim o placard. O próximo compromisso do Vitória SC é no domingo, às 16:00, na visita ao Rio Ave FC, em jogo atrasado da primeira jornada da Liga NOS.