Mary Halvorson, guitarrista americana, atuou em Braga para apresentar o mais recente álbum “Code Girl”.

Na passada segunda-feira, dia 14 de outubro, a “sala negra” do Gnration recebeu a guitarrista Mary Halvorson, acompanhada pela sua banda. A noite foi pequena para a apresentação do espetáculo Code Girl, o mais recente álbum da artista, lançado em 2018. Este é, também, o primeiro disco em que a guitarrista compôs e escreveu a letra.

Foi em 2008 que Mary Halvorson se estreou com o álbum Dragon’s Head. Desde aí, a artista lançou-se com novas músicas e discos, sempre acompanhada por outros músicos. Em 2015, produziu o primeiro álbum a solo. Num concerto intimista no Gnration, Mary Halvorson festejou a noite com a guitarra que sempre a acompanha.

Mary Halvorson nasceu em Massachusetts, nos Estados Unidos da América, e estudou Biologia na Universidade de Wesleyan. Desistiu do curso rapidamente quando começou a frequentar as aulas de música do saxofonista Anthony Braxton, que incentivou a artista a entrar no mundo musical. Começou no ramo da música a tocar violino, no entanto, com 11 anos de idade, inspirou-se em Jimi Hendrix e tocou guitarra pela primeira vez, tornando-se a sua grande paixão.

Aclamada pela crítica internacional, Halvorson continua a cativar os adeptos do Jazz e a conquistar novos públicos. A artista foi eleita melhor guitarrista e compositora norte-americana de 2019 pelos críticos da revista DownBeat, a mais conceituada e antiga revista de Jazz.