Leonardo DiCaprio celebra esta segunda-feira, dia 11 de Novembro, 45 anos de idade e 29 anos de carreira. Ator, produtor e ambientalista, até à data encontra-se em 31 filmes, apresenta duas centenas de nomeações e vários prémios, incluindo três Globos de Ouro e um Óscar.

Atualmente, DiCaprio limita-se a um filme por ano, associado a grandes produtores. Portanto, quando se estreia num filme, não é apenas um básico filme, mas um que irá render milhões nas bilheteiras. É um dos raros atores que é capaz de obrigar o público a correr para os cinemas apenas pela sua presença. Ainda assim, só depois de “muita dor” é que conseguiu, finalmente, receber um Óscar, como Melhor Ator, em 2015, com O Renascido.

Leonardo DiCaprio- The Revenant

Leonardo DiCaprio não atua meramente, não só interpreta o guião, dá uma vida especial à personagem no seu todo. Era uma vez em… Hollywood é o filme mais recente onde o artista se apresenta, mais uma vez como estrela.

É conhecido essencialmente pelo fim comovente e consternado da sua personagem em Titanic. O trabalho destaca as qualidades de DiCaprio como jovem ator. No entanto, o intérprete não se deixa definir por este trabalho e surge, de forma potente, perspicaz e admirável, em muitos outros. É protagonista em Celebridades (1998), O Aviador (2004), Diamante de Sangue (2006), A Origem (2010), O Grande Gantsby (2013), O Lobo de Wall Street (2013) e no filme O Renascido (2015). Passa, assim, não só a ser relacionado a uma única extraordinária produção, mas à grande parte dos peculiares trabalhos em que atua.

Normalmente, os filmes que protagoniza são inerentes e distintos, com temáticas fortes e exclusivos para um público específico. Nunca quis ser super-herói. Rejeitou ser Peter Parker, em Homem-Aranha, Robin em Batman e Anakin em Star Wars II: Ataque dos Clones. Firma-se ferozmente em produções notáveis.

Once Upon a Time in Hollywood- Leonardo DiCaprio

Leonardo DiCaprio dedica parte da sua vida a lutar pela preservação do ambiente e pelos direitos dos indígenas. Preocupa-se com os animais em vias de extinção e a sua integridade e vida. Tenta, constantemente, apelar para uma maior consciencialização, ao expôr as realidades e os problemas que envolvem o nosso mundo.

Foi desta forma que, em 1998, constituiu a sua fundação de defesa do meio ambiente, a Leonardo DiCaprio Foundation. “Dedicada à saúde e bem-estar a longo prazo de todos os habitantes da Terra” e que apoia “projetos inovadores que protegem a fauna silvestre vulnerável da extinção, restaurando o equilíbrio de ecossistemas e comunidades ameaçados”.