Homem do jogo

Álvaro Ferreira

O distribuidor esteve presente em grande parte dos momentos da equipa. Álvaro Ferreira esteve bem nas receções de bola e foi um dos jogadores que deu dor de cabeça ao Vitória SC. Um dos principais pontos de destaque de Álvaro foi o bloco, que serviu para impedir os vitorianos de pontuar em algumas situações.

Em cima

Reação do Famalicense

Após os dois primeiros sets, o triunfo do Vitória SC parecia óbvio dada a facilidade com que chegaram ao 2-0. No entanto, o terceiro parcial virou o sentido do jogo. O Famalicense “acordou” e respondeu da melhor forma aos ataques vitorianos. Tanto o serviço como os remates tornaram-se mais fortes e a eficácia aumentou, refletido no marcador.

Fayola

Tal como toda a equipa, a partir do terceiro set o venezuelano baixou o rendimento. Apesar disso, Fayola esteve forte no serviço e chegou a ganhar seis pontos consecutivos dessa forma. O atleta teve um remate forte e ajudou no bloqueio, sendo estes os pontos de destaque durante todo o jogo, mas principalmente nos dois primeiros sets.

Em baixo

Equipa do Vitória SC

O conjunto vitoriano adormeceu no jogo após a vantagem nos dois primeiros sets. Os jogadores estavam num nível alto e o jogo parecia fácil. No entanto, no momento em que o Famalicense se viu aflito e começou a pressionar, o Vitória SC foi abaixo. O desagrado do treinador era visível, mas os vários descontos de tempos pedidos para dar instruções de nada valeram. Os Conquistadores quiseram descansar e depois não conseguiram voltar a acordar no jogo.

Entrada do Famalicense no jogo

A facilidade com que o Vitória SC chegou à vantagem muito se deveu aos erros do lado do Famalicense. Os serviços foram várias vezes à rede e mesmo os que passavam para o lado adversário não assustavam os vitorianos. O bloco ainda foi conseguindo bloquear os remates dos Conquistadores, mas o conjunto de Famalicão estava frágil.