Entre risos e momentos hilariantes, o espetáculo contagiou o público com muita alegria e boa disposição.

Na noite desta quinta-feira, dia 5 de dezembro, o Altice Fórum Braga acolheu o espetáculo “Deixem o Pimba em Paz”, um projeto musical protagonizado por Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, que propõe uma nova roupagem da música popular portuguesa, o conhecido “pimba”.

Com início em 2013, o projeto esgotou salas em várias cidades portuguesas e abriu caminho para um conceito novo e desconcertante: transformar o “pimba” num estilo diferente através de arranjos improváveis de jazz e pop. Editado em 2014 num álbum ao vivo, já mereceu colaboração com a Orquestra Metropolitana de Lisboa e até ultrapassou fronteiras ao ser apresentado em New Jersey, EUA, em 2017. Este ano, regressou em digressão pelo país e volta também à cidade dos Arcebispos, depois de ter estado no Theatro Circo há dois anos.

De entrada, o público pôde escutar “24 Rosas” (José Malhoa), seguindo-se as versões de “Azar na Praia” (Nel Monteiro), “Sozinha” (Ágata) e “Na Minha Cama Com Ela” (Mónica Sintra). Durante esta última, uma falha técnica no som deu azo ao improviso do humorista lisboeta, que suscitou uma boa dose de gargalhadas e transformou o imprevisto num momento cómico.

De seguida, surgiu na tela do palco a imagem do fadista Camané, que deu voz ao tema “Telegrama”. Ouviram-se, também, as versões dos temas “Vem Devagar Emigrante” (Graciano Saga), “Comunhão de Bens” (Ágata), “A Bela Portuguesa” (Diapasão), “Porque Não Tem Talo o Nabo” (Leonel Nunes), “És Tão Sensual” (Toy) e “Já Não Sou Bebé” (Romana).

Depois, foi a vez de se escutar o popular tema “Garagem da Vizinha” (Quim Barreiros), interpretado em duo por Bruno Nogueira e pelo músico Nuno Rafael. Ainda houve oportunidade para se ouvir “O Melhor Dia P’ra Casar”, outro tema bastante conhecido do cantautor minhoto, bem como “Mãe Querida” (vários artistas), “Ninguém, ninguém” (Marco Paulo), “Não És Homem P’ra Mim” (Romana) e “Taras e Manias” (Marco Paulo).

Antes de terminar, Bruno Nogueira protagonizou outro momento hilariante ao fazer as apresentações dos membros do projeto – Filipe Melo, Nelson Cascais, Manuela Azevedo e Nuno Rafael – deixando o público extasiado. O espetáculo culminou numa grande ovação em pé após se ouvir um medley de Quim Barreiros, composto pelos temas “Cabritinha”, “Pito Mau”, “Padaria” e “Os Bichos da Fazenda”.