O programa “O Melhor Estudante na Uminho” pretende proporcionar aos alunos a oportunidade de trabalharem lado a lado com profissionais da Universidade do Minho.

Os estudantes com os melhores desempenhos académicos das escolas secundárias dos distritos de Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Porto passaram três dias na Universidade do Minho. A edição de 2019, que terminou na passada sexta-feira, dia 20 de dezembro, juntou 250 alunos do 11º e 12º ano.

Os alunos do programa “O Melhor Estudante da UMinho” foram repartidos pelas diversas escolas e institutos da Universidade do Minho. A iniciativa integrou as áreas de arquitetura, biomateriais, ciências, ciências sociais, direito, educação, enfermagem, economia, engenharia, medicina, psicologia e letras, sendo que cada uma das escolas e institutos envolvidos desenvolveu uma programação específica.

Entre vários exemplos, o Instituto de Ciências Sociais incidiu sobre a temática “Escolhe ser Cientista Social e muda o mundo”, que procurou “promover o contacto com experiências práticas reais das Ciências Sociais aplicadas ao mundo exterior à Universidade”. Por sua vez, a Escola de Medicina abordou “O que se passa com a saúde? Veste a bata!”, procurando “desenvolver competências básicas de aptidões clínicas e dotar os estudantes de um entendimento abrangente da área médica.”

A sessão de encerramento ocorreu na passada sexta-feira e contou com a intervenção do reitor Rui Vieira de Castro e com uma “Conversa ALUMNI@UMinho”, na qual participaram os ex-alunos Hugo Portela, da Accenture, e Daniela Pereira, da Startup Braga. Estiveram também presentes os presidentes das Escolas e Institutos da UMinho, os diretores dos agrupamentos escolares envolvidos e os pais dos estudantes participantes.