Famalicenses estiveram a perder por dois golos e chegaram ao empate, mas cederam novo golo ao cair do pano.

O FC Famalicão e o CD Tondela disputaram, este sábado, um dos encontros da 13.ª jornada da Liga NOS. Os beirões levaram a melhor, por 2-3, e impuseram a primeira derrota caseira aos minhotos na prova.

O FC Famalicão entrou em campo determinado em colocar um fim a uma série de três jornadas sem vencer. Apesar da equipa da casa ter iniciado o jogo a atacar a baliza adversária, foi o CD Tondela o primeiro a chegar ao golo, ao minuto seis. Após um canto na esquerda, Pepelu aproveitou a desatenção da defesa dos minhotos, e cabeceou para o fundo da baliza de Rafael Defendi.

A equipa da casa não se deixou intimidar pelo resultado. O extremo Diogo Gonçalves rematou cruzado na área, mas Cláudio Ramos conseguiu afastar a bola e Bruno Wilson completou o alívio, evitando assim o golo do empate. Os famalicenses assumiram o controlo da bola e continuaram a procurar o golo.

Contudo, foram os forasteiros a marcar ao minuto 19. António Xavier apostou na velocidade e, após ver o primeiro remate cortado por Roderick, marcou na recarga. O resultado continuava desfavorável para o FC Famalicão, mas a vontade de o alterar mantinha-se. Ao minuto 39, Roderick, conseguiu reduzir a diferença (1-2).

A segunda parte começou mais favorável para o CD Tondela, que teve dois lances de perigo criados por Murillo. Mas ao minuto 53, Pedro Gonçalves sofreu falta na grande área e Fábio Martins concretizou a grande penalidade, estabelecendo o empate no Estádio Municipal de Famalicão. O jogo foi prolongado por mais dez minutos, e foi na compensação, aos 90+7′, que a equipa forasteira fixou o resultado no 2-3, com um golo do venezuelano Murillo.

O FC Famalicão somou a segunda derrota consecutiva no campeonato, mas mantém-se no terceiro lugar da tabela classificativa. Na próxima jornada os minhotos deslocam-se ao Estádio da Luz, para defrontar o SL Benfica.