Número um nacional continua a apresentar queixas no pé esquerdo.

O português João Sousa foi derrotado, esta terça-feira, na primeira ronda do Australian Open, o primeiro Grand Slam da temporada. O vimaranense cedeu para Federico Delbonis, com os parciais de 6-3, 6-4 e 7-6(3).

O encontro não correu de feição para o número um português, que ao longo da partida foi desabafando por inúmeras vezes sobre as dores que sentia no pé esquerdo. João Sousa vem sofrendo de problemas físicos naquela zona desde o mês de junho e uma entorse sofrida dias antes do arranque da nova temporada acabou por atrasar a recuperação total.

Com a movimentação em court visivelmente afetada, Sousa nem por isso deixou de batalhar, mas se a tarefa já era difícil a 100%, mais difícil se tornou com a capacidade física do minhoto reduzida. Só no terceiro set o pupilo de Frederico Marques teve break points a favor, mas não foi capaz de concretizar. Ao fim de duas horas e 21 minutos de jogo, João Sousa acabou por sair derrotado.

O afastamento do vimaranense dita o fim da participação portuguesa em Melbourne Park, depois de Pedro Sousa, João Domingues e Frederico Silva terem caído na fase de qualificação. O desaire vai forçar João Sousa à perda de posições no ranking e, apesar de ser ainda incerto nesta altura o lugar para onde vai cair o tenista natural de Guimarães, as previsões apontam para a saída do 80 primeiros do Mundo.