Segue em prova na variante de pares, na qual se apurou para os quartos de final.

A caminhada de Francisca Jorge no quadro principal de singulares do ITF de 15.000 dólares de Estugarda, na Alemanha, terminou esta quarta-feira. A tenista vimaranense, número um portuguesa, perdeu em dois sets para a italiana Angelica Moratelli, na segunda ronda, com os parciais de 7-6(3) e 6-2.

Depois de uma entrada muito forte, em que quebrou o serviço da adversária logo numa fase inicial do encontro, a atleta natural de Guimarães acabou por deixar o primeiro set escapar-lhe por entre as mãos. A tenista de 19 anos esteve em vantagem durante praticamente todo o primeiro parcial e chegou mesmo a servir para a conquista do set, mas acabou por permitir a reviravolta da adversária.

A derrota no tie-break abalou a confiança da portuguesa, que não voltou a conseguir encontrar o seu nível de jogo. O segundo parcial tornou-se mais tranquilo para Moratelli, que soube controlar a partida até ao final.

Apesar do desaire em singulares, nem tudo foi mau no dia de hoje para Francisca Jorge. Ao lado da checa Karolina Berankova, a minhota apurou-se para os quartos de final do quadro de pares, com uma vitória por 7-5 e 6-0 sobre a dupla composta pela ucraniana Mariya Poduraeva e pela alemã Pia Praefke.