Piloto natural de Esposende faleceu na sequência de uma queda.

Paulo Gonçalves perdeu a vida esta manhã, após uma queda na sétima etapa do Dakar2020, na Arábia Saudita. O piloto natural de Esposende caiu ao quilómetro 276 e o alerta foi dado às 10:08. Apesar da prontidão do helicóptero médico, o piloto foi encontrado inconsciente, depois de entrar em paragem cardíaca. Ao fim de várias tentativas de reanimação, o óbito acabou por ser declarado, já no hospital.

A organização anunciou esta manhã o falecimento do piloto de 40 anos que estava a participar no seu 13º Dakar. Paulo Gonçalves estreou-se em 2006 e terminou quatro vezes entre os dez primeiros classificados. Este ano, no final da sexta etapa, encontrava-se em 46º lugar da geral.

No Dakar, a melhor classificação atingida por Paulo Gonçalves foi em 2015, tendo ficado em segundo lugar. Em 2013 foi campeão mundial de comícios.