Os ribadavenses viajaram com ânsia de golos e foram os mais eficazes da partida.

O Riba d’Ave HC deslocou-se, este sábado, ao arquipélago dos Açores, para disputar a segunda eliminatória da Taça de Portugal de hóquei em patins, frente ao HC Ponta Delgada. O jogo terminou com o marcador fixado em 2-8, o que ditou a passagem dos minhotos para a próxima eliminatória da competição.

O apito inicial fez-se ouvir no Pavilhão Sidónio Serpa e, poucos minutos depois, Luís Melo inaugurou o marcador, mostrando assim a ambição pela passagem à próxima fase da equipa que viajou desde o continente. O HC Ponta Delgada não conseguiu reagir e, aproveitando o bom momento, os minhotos foram aumentando a vantagem. Diogo Cardoso, após a assistência de Luís Melo, fez o segundo golo da partida. Dois minutos depois, Diogo Cardoso bisou na partida, elevando a vantagem numérica. Ao minuto 18, através da conversão de um penálti, Dinis Abreu marcou o quarto tento.

A equipa da casa teve dificuldade em mudar o rumo do jogo e não foi capaz de o comandar. Antes do terminar da primeira parte da partida, Hugo Azevedo e Hugo Seixas fixaram o marcador em 0-6.

As equipas regressaram dos balneários e a supremacia dos ribadavenses mantinha-se. Ao minuto seis da segunda parte, Daniel Pinheiro marcou o sétimo golo. A equipa insular, apesar de ver a possível vitória cada vez mais longe reagiu e Carlos Guimarães assistiu Pedro Soares para o primeiro golo da equipa. Pouco depois, foi Carlos Guimarães a fazer o 2-7. Já perto do apito final, Diogo Seixas, capitão da equipa forasteira, falhou um penálti, contudo, ao minuto 23, Hugo Azevedo fixou o resultado final em 2-8.

O Riba d’Ave HC apurou-se assim para os 16 avos de final da prova. O adversário da seguinte eliminatória será conhecido no sorteio da próxima segunda-feira, 13 de janeiro, que se irá realizar na sede da Federação de Patinagem de Portugal, em Lisboa.