Os Serviços de Ação Social da Academia Minhota (SASUM) investem 19 mil euros na 10ª edição dos Prémios de Mérito Desportivo da Universidade do Minho.

O aumento do investimento dos Prémios de Mérito Desportivo, que vão ocorrer este sábado, no Restaurante Panorâmico, deve-se ao crescente número de atletas/estudantes que serão galardoados na cerimónia. Em declarações à RUM, o Diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos SASUM, Carlos Videira, afirmou que serão cerca de 100 os atletas que conseguiram conjugar a excelência desportiva com o sucesso académico. Apesar dos dados não estarem fechados, calcula-se assim um aumento de 37 estudantes – atletas selecionados relativamente ao ano passado.

Esta edição contará com uma tertúlia com atletas olímpicos que tenham, inclusive, passado pelas competições universitárias, nomeadamente Rui Bragança (taekwondo), Susana Feitor (marcha atlética) e Filipa Martins (ginástica artística). Esta seleção serve, segundo Carlos Videira, para “inspirar os nossos atletas que ainda alimentam o sonho de chegar aos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio”.

De acordo com o Regulamento de Atribuição de prémios de Mérito Desportivo aos Estudantes-Atletas da Universidade do Minho, o prémio de mérito desportivo visa apoiar financeiramente os estudantes da Universidade do Minho que obtêm resultados desportivos de excelência, nas competições internacionais universitárias e campeonatos nacionais universitários.