Minhotos superiorizaram-se ao Flamengo em jogo de muitos golos.

O SC Braga entrou com o pé direito no Mundialito de Clubes, que decorre em Moscovo, na Rússia. Esta quarta-feira, os minhotos estrearam-se no Grupo B com uma vitória por 6-4 sobre o conjunto brasileiro do Flamengo. Apesar de ter estado por duas vezes em desvantagem, a turma minhota conseguiu iniciar a defesa do título mundial da melhor maneira.

O arranque da partida não podia ter sido pior para as cores portuguesas, já que Rodriguinho adiantou os canarinhos logo na primeira jogada do encontro. O SC Braga não se deixou abalar e construiu a reviravolta ainda no primeiro período, com golos de Bruno Xavier e Filipe Silva.

O segundo período trouxe novamente um Flamengo superior numa primeira fase. Nesse momento, os brasileiros voltaram ao comando do marcador, com golos de Eudin e Igor. Contudo, repetiu-se a receita do parcial inaugural e o SC Braga, com uma melhor ponta final, consumou nova reviravolta. Os golos de Jordan Santos e Filipe Silva – que bisou – levaram os Gverreiros do Minho a vencer por 4-3 para o último período.

Com uma boa gestão do resultado, o SC Braga não voltou a sair da liderança do placard. Na verdade, a equipa arsenalista dilatou a vantagem no terceiro período para três golos, a maior diferença verificada ao longo de todo o encontro. Jordan Santos e Léo Martins foram os responsáveis pelos últimos dois golos da equipa lusa. Até ao final, o Flamengo conseguiu apenas encurtar a distância com um segundo golo de Igor na partida.

O SC Braga inicia a defesa do título mundial com três pontos e regressa ao areal moscovita já esta quinta-feira. A equipa portuguesa vai medir forças com os suíços do Grasshoppers CZ, que foram derrotados esta quarta-feira pelo Spartak Moscovo (8-1).