Minhotos foram derrotados pelo Spartak Moscovo, que também já estava apurado para as meias-finais.

SC Braga e Spartak Moscovo defrontaram-se, esta sexta-feira, na última jornada do Grupo B do Mundialito de Clubes. Os dois conjuntos entraram no areal apenas para cumprir calendário, já que tinham garantido o apuramento para as meias-finais na jornada de quinta-feira. No final, os anfitriões bateram a formação portuguesa por 6-4.

O primeiro período foi equilibrado e só aos sete minutos o marcador funcionou pela primeira vez. Kotov adiantou os moscovitas mas, dois minutos depois, Jordan Santos respondeu com o golo do empate para os Gverreiros do Minho.

Logo no primeiro minuto do segundo período, os atuais campeões do Mundo consumaram a reviravolta com um golo de André Lourenço. Este, de resto, foi o único golo dos segundos 12 minutos e o SC Braga entrou no último período a vencer por 2-1.

Os golos ficaram praticamente todos reservados para os últimos 12 minutos, que trouxeram espetáculo e emoção aos adeptos presentes nas bancadas. Com golos de Zemskov e Pavlenko nos primeiros dois minutos, o Spartak Moscovo voltou ao comando do marcador (3-2). A entrada forte dos russos resultou em mais três golos de rajada, apontados por Makarov, Jordan e Zemskov.

Os primeiros seis minutos de grande qualidade dos moscovitas deixaram o SC Braga atordoado e sem conseguir reagir. A equipa bracarense só foi capaz de reduzir o resultado nos minutos finais, com golos de Léo Martins e Bruno Xavier.

O SC Braga fecha a fase de grupos no segundo lugar do Grupo B, com seis pontos. A equipa minhota segue para as meias-finais, onde vai medir forças com a formação japonesa do Tokyo Verdy. O encontro está marcado para este sábado.