Minhotos continuam a sonhar com a revalidação do título mundial.

O SC Braga assegurou o apuramento para a final do Mundialito de Clubes. Um ano depois de terem conquistado a prova, os Gverreiros do Minho vão ter a oportunidade de chegar novamente ao troféu. Este sábado, a equipa arsenalista bateu os japoneses do Tokyo Verdy por 7-2, na cidade russa de Moscovo.

A equipa minhota entrou a todo o gás e abriu o marcador logo no primeiro minuto, por intermédio de Léo Martins. O internacional português deu um arranque de sonho aos bracarenses, que ampliaram o placard com golos de Bruno Xavier e Bruno Torres. Os japoneses reduziram, por intermédio de Mateusinho, mas o primeiro período não terminou sem que Bê Martins fizesse o gosto ao pé e colocasse o SC Braga a vencer por 4-1.

Com uma vantagem confortável, a equipa portuguesa soube gerir o resultado durante o resto do encontro, mas sem nunca descurar o aspeto ofensivo. Bê Martins e Bokinha ampliaram para 6-1 no segundo período, antes de Catarino ter reduzido novamente para os nipónicos. O sétimo golo minhoto surgiu já no último parcial, por intermédio de Filipe Silva.

Este domingo, o SC Braga vai ter a oportunidade de se desforrar da equipa que colocou um ponto final na série de 30 vitórias consecutivas dos bracarenses em provas internacionais. O adversário da equipa lusa na final será o Spartak Moscovo, que bateu o Lokomotiv Moscovo por 3-1. Os dois conjuntos defrontaram-se na sexta-feira, na última jornada da fase de grupos, e os moscovitas venceram por 6-4.