Jogo muito disputado até aos minutos finais. Vianenses conseguiram segurar a vitória pela margem mínima.

O Parque das Tílias assistiu, este sábado, a mais um dérbi minhoto. Em jogo a contar para a 19.ª jornada do Campeonato Nacional I Divisão de hóquei em patins, o Riba d’Ave HC recebeu a Juventude de Viana. No final dos 50 minutos, o placard mostrava o resultado de 3-4, a favorecer os vianenses.

O começo da partida entre as equipas minhotas mostrou-se bem disputada e viva, com ambas as equipas a tentar alcançar o golo. Com o decorrer da partida, a Juventude de Viana foi-se impondo, dispondo de muitas ocasiões de golo, no entanto, faltou eficácia frente à baliza.

A meio do primeiro tempo, as equipas continuaram na luta pelo golo, com ambos os guarda-redes a ter muito trabalho. Destaque para o Guardião dos vianenses que defendeu dois livres diretos, segurando a igualdade do placard. O nulo desfez-se aos três minutos finais, na sequência de um penálti a favor da Juventude. Pedro Freitas primeiro defendeu, mas no ressalto, Francisco Silva atirou a bola para o fundo da baliza do Riba D’Ave HC.

A Juventude de Viana continuou com a superioridade frente aos ribadavenses, e as ambas as equipas foram para o intervalo com o placard a marcar o 0- 1 para a equipa visitante. No segundo tempo, o conjunto de Viana entrou focado, e passados dois minutos, concretizou o segundo golo, por Luís Viana.

A equipa de Riba D’Ave HC tentou recuperar e responder à inferioridade, conseguindo mesmo reduzir a vantagem, por Nuno Pereira, a 20 minutos do final da partida. A 16 minutos do final, Dinis Abreu teve oportunidade de colocar os ribadavenses em igualdade pontual, mas Jorge Correia mais uma vez segurou a superioridade no marcador.

O conjunto de Vila Nova de Famalicão rodou os seus jogadores, de forma a refrescar a partida, na tentativa de chegar ao golo. Mais ofensivos, e procurando a todo custo mudar o rumo do jogo, o Riba D’Ave HC pressionou a formação de Viana, que conseguiu contrariar o ataque da equipa da casa, equilibrando a partida.

Apesar de mais apertados defensivamente, a Juventude de Viana conseguiu mesmo chegar ao terceiro golo, por Remi Herman. Um minuto depois, a vitória ainda mais certa, com Gustavo Lima a chegar ao quarto golo de livre direto. A equipa da casa conseguiu ainda reduzir a desvantagem face aos vianenses e através de dois penáltis, Tomás Pereira fez o 3-4.

O jogou ficou relançado, e até ao apito final, a partida manteve-se intensa. O ribadavenses continuaram à procura do golo, mas os vianenses mostraram-se mais fortes e conseguiram resguardar a vantagem, vencendo o dérbi minhoto por três bolas a quatro.

Com este triunfo, a Juventude de Viana HC soma 17 pontos e mantêm a 11.ª posição, por sua vez a Riba d’Ave mantêm o nono lugar com 20 pontos. Na próxima jornada, o Riba D’Ave desloca-se a Valongo e a formação vianense recebe o UD Oliveirense.