Dois golos perto dos 70 minutos ditaram o empate no dérbi minhoto.

O Moreirense recebeu, esta quarta-feira, o FC Famalicão, em dérbi minhoto relativo à jornada 28 da Liga NOS. O encontro realizado no Parque Desportivo Comendador Joaquim de Almeida Freitas terminou com um empate a uma bola.

Apesar do equilíbrio inicial, a equipa da casa foi a primeira a ameaçar e a chegar perto da baliza adversária. Gabrielzinho ainda protagonizou um pontapé de bicicleta no interior da área, mas a bola saiu ao lado. Já Rúben Lameiras tentou colocar tenso na área com um cruzamento quase rasteiro, mas foi Iago a aparecer para fazer o corte.

O primeiro cartão amarelo da partida foi mostrado a Sori Mané ao minuto 23. Pouco depois foi a vez de Toni Martinez ter uma grande oportunidade de abrir o marcador. O avançado apareceu isolado na cara de Pasinato e desviou a bola do guarda-redes, mas o remate saiu ligeiramente ao lado.

Nuno Santos rematou forte e Vaná, num lance menos feliz, deixou a bola escapar, mas esta caiu em cima das malhas da baliza. Numa primeira parte mais positiva para os cónegos, o FC Famalicão apresentou algumas dificuldades no meio-campo e na construção face à forte pressão inicial do Moreirense. Contudo, os famalicenses mostraram-se coesos na defesa. As equipas saíram para o intervalo sem golos no marcador.

De volta ao relvado, a primeira oportunidade foi para o FC Famalicão, com uma tentativa de lançamento para Diogo Gonçalves, mas com Conté a controlar a profundidade. A equipa de João Pedro Sousa entrou melhor na segunda parte e Toni Martínez voltou a ter uma boa oportunidade. O goleador famalicense ainda driblou Pasinato, mas perdeu o ângulo de remate e atirou à malha lateral. O guarda-redes parecia ter o ângulo controlado, mas foi assinalada posição irregular ao avançado.

Ricardo Soares mexeu na equipa e lançou, de uma só vez, Luís Machado, Alex Soares e Fábio Abreu na partida. Já do lado do FC Famalicão entrou Gustavo Assunção para o lugar de Rúben Lameiras. Aos 69 minutos, Fábio Abreu inaugurou o marcador para os cónegos. Num momento de desconcentração dos visitantes após uma tentativa de saída rápida, Gabrielzinho recuperou a bola e deu para Filipe Soares, que assistiu para o golo do camisola 29.

Instantes depois, Toni Martinez rematou para dentro da baliza de Pasinato e restabeleceu o empate no marcador. Após um cruzamento de Ivo Pinto da direita para as costas da defesa do Moreirense, o avançado espanhol apareceu na área e finalizou de cabeça. O lance ainda foi revisto e validado pelo VAR.

O ritmo de jogo intensificou-se após o golo do FC Famalicão. Pasinato ainda teve de aparecer e negar o segundo a Toni Martinez. O guarda-redes da equipa da casa esteve firme entre os postes e segurou várias bolas. Os azuis insistiram com vários remates, mas o Moreirense conseguiu intercetá-los. Apesar dos seis minutos de compensação, o confronto terminou com um empate a uma bola.

Na classificação, o Moreirense sobe à nona posição com 35 pontos. A turma famalicense soma mais dez (45) e ocupa o quinto lugar. Na próxima jornada, o Moreirense desloca-se, na próxima segunda-feira, ao terreno do CD Aves. Já o FC Famalicão defronta, em casa, o Portimonense na próxima quarta-feira.

Confira os destaques da partida.