Domínio dos homens da casa não chegou para evitar a vitória dos cónegos.

Boavista e Moreirense marcaram encontro este sábado, no Estádio do Bessa, em jogo a contar para a 25.ª jornada da Liga NOS. Depois da paragem imposta pela pandemia de Covid-19, os cónegos regressaram à competição da melhor maneira e conquistaram os três pontos com uma vitória pela margem mínima (0-1).

A turma minhota entrou bem no encontro e dominou a posse de bola nos primeiros minutos. No entanto, a primeira grande oportunidade de golo pertenceu ao Boavista, num livre direto batido por Sauer que passou perto da baliza de Mateus Pasinato

A partir do primeiro quarto de hora, a equipa da casa assumiu o controlo do jogo e criou várias oportunidades perigosas junto da baliza da equipa minhota. A insistência do Boavista não teve sucesso, e as equipas recolheram aos balneários com o placard a zeros.

O Moreirense entrou melhor na segunda parte e, à passagem do minuto 47, Filipe Soares fez o primeiro e único golo do encontro. Num lance caricato, o médio não desistiu do lance e, depois de uma carambola com Ricardo Costa, o esférico sobrevoou Helton Leite e acabou mesmo por entrar na baliza axadrezada.

O Boavista reagiu de imediato ao golo sofrido e não faltaram oportunidades para empatar o jogo. Sauer, ao minuto 59, rematou forte, à entrada de área, mas a bola embateu no poste da baliza de Pasinato. A equipa da casa continuou a dominar o encontro, e foram vários os momentos em que o golo do empate esteve à vista.

Ao minuto 92, ainda foi assinalada uma grande penalidade a favor do Boavista, depois de mão na bola de Sori Mané. Na marcação, Carraça rematou ao poste e, na recarga, Yusupha viu Pasinato desviar novamente para o poste. Desta forma, os visitantes acabaram mesmo por conseguir segurar o resultado (0-1) e levaram os três pontos para Moreira de Cónegos.

Com esta vitória, o Moreirense soma agora 33 pontos e encontra-se no oitavo lugar da classificação. Na próxima jornada, a turma do Minho recebe o Rio Ave, sétimo classificado da Liga NOS.