O pró-reitor Manuel Costa afirma que o maior desafio é a adesão dos estudantes do ensino secundário que vão estar focados nos exames nacionais.

A Universidade do Minho abre as suas portas à distância no decorrer do programa “Universidade de Portas Abertas” (UPA), através da plataforma Zoom. Nos dias 22, 25 e 30 de junho e 1 de julho, os estudantes do ensino secundário, pais e encarregados de educação, professores e orientadores vocacionais terão oportunidade de interagir diretamente com docentes e estudantes da instituição.

O pró-reitor da UMinho para Assuntos Estudantis e Inovação Pedagógica, Manuel João Costa, confessa que “o maior desafio prende-se com a incógnita de adesão do público alvo, pelo facto de ser a primeira iniciativa do género no espaço digital desenvolvida ao nível da Universidade do Minho e também pelos condicionamentos inerentes ao período do ano letivo do público pré-universitário”. Para além disso, refere que alguns estudantes podem não comparcer por estarem “focados em preparar-se para as provas de avaliação que vão ditar as suas possibilidades de acesso ao ensino superior”.

Manuel Costa denota também a importância deste programa para os alunos que vão integrar o ensino superior no próximo ano letivo. “A escolha de um curso e de uma instituição de ensino superior é um exercício de tomada de decisão difícil para quem tem 17-18 anos de idade e nunca teve oportunidade de contactar as instituições de ensino superior”, refere.

Para o pró-reitor, conhecer uma Universidade é conhecer os cursos e os planos de estudo, “mas é muito mais do que isso. O contacto, ainda que breve, com o ambiente académico pode significar para muitos jovens pré-universitários uma oportunidade preciosa para esclarecer questões e conhecer as vivências dos que participam e constroem o dia a dia dos estudantes no ensino superior”.

De forma a ajudar os participantes a imaginar-se enquanto estudantes da academia minhota, o programa prevê também o envolvimento da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) e dos Serviços da UMinho. Assim, os alunos vão ter oportunidade “de conhecer e explorar ferramentas, serviços e recursos disponibilizados aos estudantes para que desenvolvam os seus estudos em pleno”.

A UPA Digital, que não necessita de inscrição e é gratuita, inicia, em cada um dos dias, com uma sessão de boas-vindas com um convidado especial. No final dessa sessão, os participantes podem escolher a sala virtual pela qual mais se interessam em participar e assim ter oportunidade de interagir com docentes, profissionais, alumni (antigos alunos) e estudantes de cada curso.

As três primeiras salas são dedicadas à AAUM e aos Serviços da UMinho. Na primeira vão poder interagir com elementos da Associação Académica, na segunda vão poder colocar dúvidas sobre o processo de candidatura ao ensino superior e conhecer as bolsas que a UMinho tem a oferecer aos estudantes para premiar o mérito escolar e a terceira sala permite conhecer os serviços e recursos que a Universidade disponibiliza aos seus estudantes: alojamento, bolsas de ação social, alimentação, bibliotecas, programas de mobilidade, apoio médico, apoio aos estudantes com deficiência ou doença, desporto, entre outros. As restantes “salas” são dedicadas a cada Escola ou Instituto, onde os participantes ficarão a conhecer o que cada um pode oferecer.