Bracarenses conseguiram a melhor classificação na Liga NOS desde 2011/12.

A época do SC Braga pautou-se pela mudança de treinadores (foram cinco no total), mas nem isso evitou que, no final das contas, os bracarenses atingissem os seus objetivos. A contratação de Rúben Amorim foi essencial para que o clube invertesse o mau caminho que estava a ser trilhado em 2019/20 e acabasse a época no pódio.

SC Braga goleia Belenenses SAD na estreia de Rúben Amorim

LUSA

A contratação de Rúben Amorim, a 27 de dezembro, foi um passo chave na época dos bracarenses. Apesar de ter sido criticada por muitos na altura, o timoneiro conseguiu o virar de página que os arsenalistas precisavam. Até à sua chegada, os Gverreiros do Minho estavam na 10.ª posição do campeonato, com cinco vitórias, três empates e seis derrotas. Uma Taça da Liga e 10 vitórias na Liga NOS depois, o técnico rumou ao Sporting CP e deixou o SC Braga no terceiro posto do campeonato, com mais quatro pontos que o quarto classificado.

SC Braga conquista a Allianz Cup

SC Braga

30 dias depois de ser anunciado como o terceiro técnico do clube na corrente temporada, Rúben Amorim venceu a Taça da Liga. Num jogo intenso, onde a trave de ambas as balizas foi crucial para o resultado, os arsenalistas venceram a segunda Allianz Cup da sua história, com um golo aos 90+5 de Ricardo Horta.

SC Braga vence e termina Liga NOS na terceira posição

SC Braga x FC Porto

Hugo Delgado/LUSA

A época terminou com a cereja no topo do bolo. Na última jornada da Liga NOS, os bracarenses receberam o já campeão nacional, FC Porto. Enquanto que os azuis e brancos já tinham as contas feitas, o SC Braga ainda tinha muito em jogo: estava dependente do resultado do Sporting CP, no Estádio da Luz, e precisava de vencer para conseguir o terceiro lugar do campeonato e a qualificação direta para a Liga Europa.

Os arsenalistas entraram mal no jogo e os dragões adiantaram-se na partida, mas a ida aos balneários mudou tudo. Os Gverreiros do Minho deram uma cambalhota no marcador e, dada a derrota dos leões, terminaram o campeonato no terceiro posto, algo que não acontecia desde 2011/12.