Peter Gene Hernandez completa 35 anos, esta quinta-feira, 8 de outubro. O cantor, produtor, compositor, bailarino e multi-instrumentalista, mais conhecido como Bruno Mars, já coleciona três álbuns repletos de sucesso, duas participações no Half-Time Show do Super Bowl, e dezenas de músicas excecionais.

Foi desde o seu primeiro contacto profissional com a música que nos apaixonamos pela voz deste artista. Contudo, desde criança que Bruno Mars tem uma aptidão especial para a música e já aí participava em pequenos concertos e tocava junto da família.

thestreet.com

Antes de se tornar cantor, era na produção musical que fazia sucesso. Chegou a trabalhar com artistas como Sean Kingston, Alexandra Burke, Travie McCoy, Adam Levine, Brandy e Flo Rida. Alcançou a fama depois de fazer uma participação e coescrever as canções “Nothin’ on You”, do rapper B.o.B, e “Billionaire“, de Travie McCoy. Ambas as canções alcançaram as dez melhores posições de vários países.

Nesta altura, o primeiro álbum estava a ser fabricado. A 4 de outubro de 2010, Bruno Mars estreou-se com Doo-Wops & Hooligans. “Grenade” e “Just The Way You Are” são alguns dos nomes integrantes deste projeto que o lançou para as luzes da ribalta. O sucesso foi imediato e estas faixas tornaram-se temas intemporais bastante aclamados pelo público .

Um dos grandes talentos do artista é saber cantar em vários estilos de forma excecional. O segundo álbum, Unorthodox Jukebox, prova isso mesmo. Contém baladas como “When I Was You Man”, Rock em “Gorilla” e “Locked Out Of Heaven”, e ainda Reggae. Graças à sua família que o fazia ouvir música de vários géneros, as principais inspirações de Bruno Mars e deste projeto são Michael Jackson, Prince, The Police, Phil Collins e Elvis Presley.

Depois do sucesso de “Uptown Funk”, com a colaboração de Mark Ronson, só podíamos esperar algo em grande do havaiano. Daí que é lançado o terceiro e último álbum, 24K Magic, a 18 de novembro de 2016. Bruno Mars sempre quis produzir música consoante a própria vontade, sem a necessidade de descobrir um estilo próprio. No entanto, com este último projeto, sente-se uma certa convergência para um estilo Pop mais “funky”, com grandes influências dos anos 80 e 90.

Fora da música, Bruno Mars tem revelado dotes na ficção. A voz do artista foi bem reconhecida quando deu vida a Roberto, no filme Rio 2, em 2014. Teve ainda um papel como convidado musical na série “Jane, the Virgin”.

Bruno Mars é um artista fora de série. Não só é um bom intérprete, como também aplica a sua genialidade a escrever músicas. Agora com 35 anos, espera-se que traga mais projetos, incluindo fora da produção musical. Com uma carreira de mais de 10 anos, já provou o valor que tem para todo o mundo.