Eddie Van Halen faleceu terça-feira, dia 6 de outubro, depois de uma longa luta contra um cancro. Fundador da banda Van Halen, o músico era considerado um dos melhores guitarristas da história do rock’ n’ roll.

O músico nasceu a 26 de janeiro de 1955 em Amesterdão, nos Países Baixos, mas cresceu em Pasadena, na Califórnia, nos Estados Unidos. A paixão pela guitarra aconteceu quase de forma obsessiva e desde cedo se afirmou um virtuoso guitarrista.

veja.abril.com.br

Uma das partes mais curiosas da vida desta lenda é, talvez, o facto de ele ser um autodidata. Eddie Van Halen não sabia ler música e tudo o que aprendeu foi através do ouvido e da intuição.

Em 1972, Eddie Van Halen fundou os Van Halen com o irmão, Alex Van Halen, o vocalista David Lee Roth e o baixista Mark Stone. Inesperadamente, o disco de estreia foi um dos álbuns com mais sucesso daquela década, o que veio a antecipar o legado que a banda deixaria.

Eruption”, a segunda faixa do álbum, é Eddie em estado puro. Explosiva e ambiciosa é um dos temas que marcou o rock’n’roll dos 80 e um símbolo daquilo que era a técnica do guitarrista.

O grupo vendeu milhões de discos em todo o mundo. Em 2007, a banda foi incluída no conceituado Rock and Rol Hall of Fame. Van Halen foram mesmo uma das bandas mais populares de rock entre os anos 80 e 90.

Em 2012, Eddie Van Halen foi distinguido pela Guitar World como o maior guitarrista de todos os tempos. Além disso, o nome do músico ocupa a 8ª posição na lista dos 100 melhores guitarristas para a Rolling Stone.

Resta-nos a música. Eddie Van Halen era rock’n’roll dos pés à cabeça. A banda trouxe um legado que dificilmente será esquecido e o guitarrista uma técnica musical única.