O presidente bracarense relembra que dimensão humana é crucial para o sucesso do concelho.

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, participou na sexta edição do “Techdays Aveiro”, um evento sobre Tecnologias da Informação, Comunicação, Informática e Eletrónica. Assim, o tema foi o de “Transformação Digital de Cidades e Comunidades – a perspetiva dos Municípios”.

Segundo vereador, a transição digital tem sido um “processo acelerado de forma exponencial nos últimos meses devido às circunstâncias que vivemos. Esta transição está, assim, presente na vida quotidiana e é “um dos grandes marcos distintivos de Braga”.

“Fomos dos primeiros concelhos a ter uma Universidade com foco nas tecnologias de informação e que alicerçou uma dinâmica essencial para a Cidade e até para toda esta euro-região. A dimensão do desenvolvimento económico por via da inovação e da investigação é a grande base do sucesso alcançado nos últimos anos. Isto permite, então, atrair empresas multinacionais para o território, criar postos de trabalho de qualidade e aumentar a qualidade de vida dos cidadãos”, afirmou Ricardo Rio.

O responsável bracarense sublinhou que uma das limitações no concelho está relacionada com “a qualificação das pessoas para a procura que existe nestas áreas diferenciadoras”. Assim, realçou que “em Braga temos argumentos para fixar pessoas de fora que procuram uma boa qualidade de vida. Assim, também queremos atrair os talentos da área tecnológica para as empresas com presença no território”. O presidente não deixou de apelar ao também ao  Estado Central  para que “crie condições para que a oferta de formação seja substancialmente superior nestas áreas e vá de encontro à procura que já hoje existe”.

Esta sessão foi moderada pelo jornalista Júlio Magalhães e contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Ribau Esteves, e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.