Derrota contra os leões, na primeira jornada, foi crucial para a perda do título.

No último fim de semana, o SC Braga, em conjunto com o CD Chaves, a Casa do Benfica de Loures e o Sporting CP, disputou a fase final do Campeonato de Elite de Futebol de Praia. Todos os encontros decorreram no Estádio do Viveiro – Jordan Santos, na Nazaré. A última jornada ocorreu esta segunda feira, e terminou com o Sporting CP a sagrar-se campeão e a pôr fim ao domínio do Sporting de Braga, que tinha conquistado as três últimas edições do campeonato.

Na primeira jornada da fase de apuramento de campeão nacional, que se disputou no último sábado, os minhotos saíram derrotados pelo Sporting CP, com um resultado de 4-2. Os golos foram marcados por Coimbra, Pinhal, António e Belchior, da parte dos leões. Já pelos bracarenses, marcaram Bokinha e Filipe. Este desaire contra os verdes e brancos complicou as contas dos Gverreiros do Minho.

No domingo, o SC Braga jogou contra o clube de Loures, numa partida a contar para a segunda jornada. O jogo acabou com a vitória dos bracarenses, por 7-2, com golos de Rafa Padilha, Fábio Costa, Jordan Soares, Bokinha, Léo Martins e André Lourenço (2). Nesta segunda ronda, os pupilos de Bruno Torres esperava um deslize dos leões para passar para o topo da tabela, mas o Sporting CP não vacilou e também venceu o Chaves, por 3-5. Por esta altura, os leões ocupavam isolados o primeiro lugar da tabela, enquanto que os arsenalistas estavam na segunda posição, com apenas uma vitória sobre a Casa do Benfica de Loures.

A terceira e última jornada desta fase final ocorreu esta segunda feira, dia 5 de outubro. O SC Braga jogou primeiro e venceu o Chaves por 7-3, com golos marcados por Fábio Costa (2), Miguel Pintado (3), Filipe e Jordan Santos. Mas a vitória não bastava para o clube do Minho vencer também o campeonato: era necessário que o Sporting CP perdesse com a Casa do Benfica de Loures. No entanto, o Sporting não tremeu e venceu o último jogo desta fase de apuramento e sagrou-se campeão pela terceira vez na história.

Com estes resultados, o SC Braga não foi além do segundo lugar nesta fase final, com duas vitórias e seis pontos. A equipa leonina terminou com a hegemonia dos minhotos, que na última época tinham conquistado o tricampeonato nacional.