A exposição inclui espólios fotográficos, o fundo postal e o fundo fílmico em arquivo, para promover o reconhecimento da produção contemporânea da fotografia local.

A exposição “Instrumentos de Urdir Paisagens – Um Tempo, Um Espaço e Um Olhar” está disponível para visita, no Centro de Memória, Identidade e Imagem, instalado a bordo do Navio Gil Eannes. A exposição é da autoria do fotógrafo José Pastor.

O objetivo do Centro de Memória, Identidade e Imagem é fomentar o conhecimento do património imagético do Município. Além disso, visa assumir acessibilidade à informação, afirmar o comprometimento de apresentação quer das imagens, quer dos suportes comunicacionais, que estas passem a construir, disponibilizando-as dessa forma aos serviços da Câmara Municipal de Viana do Castelo e à fruição pública.

A exposição inclui espólios fotográficos, o fundo postal e o fundo fílmico em arquivo, para promover o reconhecimento da produção contemporânea da fotografia, no universo de identidade local. Contribui assim para o desígnio da cultura identitária local, desenvolvimento sustentável e potencia a coesão territorial.

A inauguração contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa. O espaço no navio-hospital onde está localizada a exposição, tem também instalações para tertúlia e sala de exposições.