Bracarenses somam seis vitórias em sete jogos.

O SC Braga recebeu, este domingo, a União Recreativa de Cadima, no Estádio Municipal 1º de Maio, num encontro a contar para a sétima jornada da Liga BPI. A equipa minhota foi mais feliz e venceu o encontro por 4-0.

O primeiro da turma da casa não demorou muito a surgir. Beatriz Barbosa cruzou da direita, mas o cruzamento foi ter com a guardiã visitante. Porém, Sara Figueiredo não conseguiu agarrar a bola por duas vezes e, depois de uma grande confusão na grande área, com várias defesas visitantes, a bola acabou por ficar nos pés de Leonor Freitas, que não desperdiçou.

Até ao intervalo, as escassas oportunidades de golo foram todas das bracarenses, mas nenhuma colocou, verdadeiramente, Sara Figueiredo à prova. No regresso dos balneários, aos 49 minutos, as bracarenses aumentaram a vantagem. Ana Cristóvão tentou o corte ao cruzamento de Beatriz Barbosa da direita. Porém, o esférico ficou à mercê de Nágela Oliveira, à entrada da área, que fez o gosto ao pé.

As bracarenses continuavam por cima e, pouco tempo depois, voltaram a ameaçar, com um remate de Ana Teles que só foi parado pela trave. Aos 58 minutos, Laura Luís aproveitou uma falha de comunicação na defesa da equipa do Cadima e, de cabeça, deu o melhor seguimento ao cruzamento de Rayane Machado.

O resultado acabou por ficar fechado ainda com 30 minutos para serem jogados. Novo cruzamento de Rayane Machado que encontrou Cindy Konig. De cabeça, a avançada assistiu Rafaela Mesquita, que só teve de encostar.

A equipa minhota permanece, assim, no segundo lugar da Liga BPI, com apenas uma derrota. Na próxima quarta-feira, o SC Braga desloca-se até ao reduto do GD Estoril, num jogo a contar para a Taça de Portugal.

Recorde ainda: Gil Vicente continua sem vencer na Liga BPI