Galeno marcou o golo que garantiu o apuramento dos minhotos para a próxima eliminatória.

O Estádio Clube Desportivo Trofense foi palco do encontro entre o CD Trofense e o SC Braga, para a terceira eliminatória da Taça de Portugal 2020/2021. Os minhotos levaram a melhor e venceram por 1-2.

A partida começou dividida e a primeira parte passou-se quase sem golos, com várias respostas do guarda-redes Serginho às ameaças bracarenses. O primeiro tento surgiu apenas ao cair do pano da primeira parte, aos 44 minutos, pelos pés de Abel Ruiz, após assistência de Esgaio. O jogo foi a intervalo 0-1 com vantagem para a equipa visitante.

Logo ao início do segundo tempo, a turma comandada por António Barbosa chegou ao empate, numa grande penalidade convertida por Alan Júnior. À passagem do minuto 65, a equipa da casa ficou com menos um jogador em campo, após a expulsão de André Leão, por acumulação de amarelos, o que levou à intensificação da pressão do conjunto minhoto.

Aos 68 minutos, Ricardo Horta ainda esteve perto de marcar, mas rematou ao lado. Paulinho ainda tentou a sua sorte, mas o Trofense estava convicto em manter a igualdade até ao final do tempo regulamentar.

Apesar da diferença numérica, o golo decisivo apenas chegou nos minutos de compensação, aos 93′, por Wenderson Galeno, com assistência de Ricardo Horta, que garantiu a vitória dos Gverreiros do Minho e a qualificação dos bracarenses para a quarta eliminatória da Taça de Portugal. A partida terminou 1-2 para a turma de Carlos Carvalhal.

Com esta resultado, os braguistas somam a segunda vitória consecutiva. Na próxima quinta-feira, o SC Braga recebe o Leicester City, para a Liga Europa 2020/2021.

Recorde ainda: FC Famalicão vence e carimba passaporte para a próxima fase da Taça de Portugal