Gilistas somam a terceira partida consecutiva sem vencer para a Liga NOS.

Gil Vicente e CS Marítimo encontraram-se, este domingo, no Estádio Cidade de Barcelos em jogo a contar para a 14ª jornada da Liga NOS. Os maritimistas confirmaram o bom momento que atravessam e venceram os galos por 0-1.

A primeira parte da partida foi jogada sob elevados índices de intensidade, algo possibilitado em parte pela arbitragem de critério largo de Artur Soares Dias. Ainda assim, o nulo no marcador ao intervalo foi bastante elucidativo das poucas oportunidades criadas por ambas formações.

O lance mais perigoso de todo o primeiro tempo pertenceu ao CS Marítimo quando, aos 34 minutos, Guitane disparou à entrada da área para boa defesa de Denis. No primeiro tempo, o Gil Vicente protagonizou mais iniciativas que os visitantes.

No segundo tempo o jogo foi mais partido e a formação insular entrou muito forte no primeiro quarto de hora, onde somou três perigosas situações para finalizar. Especial destaque para Joel Tagueu que, logo aos 47 minutos, atirou por cima em excelente posição.

A turma barcelense equilibrou o jogo e respondeu aos 71 minutos através de Claude Gonçalves que, em posição privilegiada, atirou para defesa segura de Amir Abedzadeh. Pouco depois, aos 78 minutos, foi Samuel Lino que saltou sozinho, mas cabeceou fraco para as mãos do guardião dos madeirenses.

Nos últimos dez minutos da partida o Marítimo voltou a ser a equipa mais perigosa e, se aos 82 minutos Ali Aloupur falhou um golo cantado, aos 87 os comandados de Milton Mendes chegaram mesmo ao golo da vitória. Após um cruzamento vindo da direita, o defesa central antecipou-se a toda a gente e cabeceou sem hipótese para o guardião Denis. Até ao final, o Gil Vicente tentou resgatar um ponto precioso, mas os insulares acabaram mesmo por segurar a vantagem.

Com este resultado, o Gil Vicente cai para o 14º lugar e está em posição delicada na tabela classificativa. Na próxima jornada da Liga NOS, o Gil Vicente FC defronta o SC Braga, em jogo que ainda tem o horário indefinido, dada a participação dos bracarenses na Taça da Liga.

Recorde ainda: FC Famalicão regressa às vitórias no reduto açoriano