Os minhotos mostraram dificuldades na partida. Ainda assim, conseguiram vencer.

Na 21.ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, o Famalicense AC recebeu, este sábado, o HC Tigres. A partida terminou com a vitória dos minhotos por 7-5.

Com apenas 55 segundos no relógio, a turma minhota chegou ao primeiro golo. Rui Silva tentou a stickada, mas foi Juan López que, na recarga, colocou a equipa minhota na frente. Apesar de estar em vantagem, o Famalicense apresentava vários erros táticos, pouca eficácia nos passes e um ritmo de jogo baixo. Face a estes aspetos, os Tigres partiram para o ataque.

Aos 12 minutos, Diogo Alves, com uma grande stickada, estabeleceu a igualdade no marcador. Os minhotos continuavam relaxados e com muitos erros defensivos. Consequentemente, aos 17 minutos da partida, Filipe colocou a equipa de Almeirim à frente com um remate de meia distância. Nesta fase, os Tigres dominavam por completo a partida.

Pouco tempo depois, Diogo David viu levantado o cartão azul, mas Juan López não conseguiu fazer golo no livre direto. No entanto, aos 23 minutos, num lance em que Juan López recuperou a bola, Pedro Mendes empatou o jogo com simplicidade e eficácia.

Na segunda parte, a equipa de Famalicão entrou com uma atitude mais ofensiva, o que tornou o jogo mais dividido. Aos 36 minutos, Pedro Mendes marcou o terceiro golo minhoto na sequência de uma grande penalidade. Os minhotos continuaram no meio campo contrário e conseguiram aumentar a vantagem, aos 39 minutos, por intermédio de Hugo Costa.

Manuel Silva justificou a aposta de Vítor Silva ao defender um livre direto marcado por Miguel Feio. Os Tigres não desistiram e tentaram responder. Aos 41 minutos Freddy, fez uma stickada do meio da rua e reduziu a desvantagem da equipa visitante.

No entanto, a felicidade dos Tigres durou pouco tempo, já que Pedro Mendes, mais uma vez, marcou através de um livre direto. O jogo permaneceu disputado e equilibrado e os golos não pararam de surgir. Filipe Bernardino marcou o quarto golo dos Tigres, aos 47 minutos, também num livre direto.

Na sequência da décima falta da equipa de Almeirim, Pedro Mendes bateu um livre direto e marcou o seu quarto golo na partida. Os Tigres não se deram por vencidos e, um minuto depois, Filipe Bernardino marcou o quinto golo da sua equipa.

Contudo, não conseguiram aproveitar o livre direto originado pela décima falta dos minhotos e, na recuperação, foi o Famalicense que conseguiu chegar ao golo por Hugo Costa. A partida terminou com o resultado de 7-5 no marcador.

Na próxima jornada, os minhotos defrontam a UD Oliveirense. Com esta vitória, o Famalicense soma 20 pontos e encontra-se no nono lugar da tabela classificava.

Recorde ainda: HC Braga empata partida frente ao SC Tomar