Entre 19 e 24 de julho, tomam lugar 13 espetáculos com duas estreias absolutas e cinco estreias nacionais com entrada livre.

A sétima edição do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous começa já na próxima semana entre as ruas de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. De 19 a 24 de julho, “o evento promete manter a sua ousadia habitual”, segundo nota enviada às redaçõe

Com organização do Teatro da Didascália, o programa oferece 13 apresentações e destacam-se duas estreias absolutas. Váld tem lugar dia 21 no Jardim do Paço dos Duques, em Guimarães, pelas 21h. No dia seguinte, é a vez de Do you still want to dance with me? marcar presença no Parque da Devesa, em Famalicão, pelas 18h.

Somam-se cinco espetáculos em estreia nacional a começar com Pulse, uma “coreografia radical de seis acrobatas” e Random, que explora “contorção, corda bamba, dança, teatro e diálogos perturbadores”. Baïna[na] elabora “um cenário social e sonhador do mundo contemporâneo” e Wake Up! conta a história de “dois homens numa trajetória sem fim”. Por último, apresenta-se Là-bas, “uma narrativa visual” sobre a migração e o conhecer de novas terras e sonhos.

A fechar o leque de espetáculos estão Roll with it, 3D, Copyleft, Otus Extracts, Rizoma e Espera, a percorrer o quarteto de municípios do Quadrilátero Cultural. A aposta estende-se ainda a oficinas no âmbito da criação, do malabarismo e do skate, além de duas masterclasses para profissionais das artes e uma sessão de pitching entre criadores e programadores.

Todas as atividades do Festival Vaudeville vão decorrer ao ar livre, com entrada gratuita. A lotação é controlada, sendo necessário reservar os bilhetes a partir do site do Teatro da Didascália, onde está também disponível o programa na íntegra.