Homem do jogo: André Luís 

O ponta de lança entrou e fez a diferença, tal como tem feito nos últimos jogos. Para além do golo marcado, foi fundamental no desaparecimento dos ataques organizados do Famalicão, graças à pressão intensa que introduziu na linha dianteira.

Em cima:

Banza

Fez um bom trabalho a abrir espaços para os seus colegas de equipa. Para além disso, marcou o golo da igualdade, bem como o da reviravolta.

Ivo Rodrigues

Foi o principal motor ofensivo do Famalicão, e esteve em quase todos os lances de ataque. Foi um dos que mais desequilibrou a defesa da casa.

Em baixo:

Marcos Paulo

O reforço famalicense tentou muitos lances com nota artística, mas fez uma exibição pouco conseguida. O extremo emprestado pelo Atlético de Madrid demorou muito tempo a soltar a bola, o que despertou algum desagrado a Ivo Vieira.

Filipe Soares

Foi incapaz de fazer a diferença no meio campo do Moreirense. Com a sua ausência no processo ofensivo, a equipa caseira não conseguiu muitas aproximações à baliza famalicense.

Substituições do FC Famalicão

As saídas de Pêpê e Marcos Paulo fizeram cair o rendimento do Famalicão no jogo. David Tavares e Bruno Rodrigues, que preencheram as vagas dos dois jogadores substituídos, entraram mal na partida. Com isto, o Moreirense FC aproveitou para chegar ao empate.

Recorde aqui as incidências da partida.