O Moreirense conquistou três pontos essenciais para a luta na permanência, ao vencer o Nacional por uma bola a zero. Num jogo de aflitos, o Moreirense deslocou-se à Madeira para fugir aos lugares de despromoção e assim distanciar-se do rival de hoje.

Com uma alteração no onze em relação ao jogo contra o Benfica (tirou Boateng para colocar David Ramirez) Petit acertou em cheio pois, o costa-riquenho foi o homem que deu os três pontos aos minhotos.

Os primeiros 45 minutos mostraram um Nacional mais controlador e mais perto da baliza de Makaridze. Mas foi a equipa minhota a começar melhor. Nildo à passagem do terceiro minuto da partida atirou forte para uma defesa de recurso de Adriano Fachini. E à passagem do minuto 15, Pedro Rebocho passou por um adversário e colocou a bola na cabeça de David Ramirez que fez assim o golo que colocava a equipa de Moreira na frente do marcador. Os insulares reagirem bem ao tento sofrido e passaram a controlar o jogo. Os homens de João de Deus controlavam o jogo mas sem criar grandes oportunidades para empatar a partida. Coube a Tiago Rodrigues a melhor hipótese para chegar ao empate através de um livre direto, que passou perto da baliza dos minhotos. Sem mais grandes sobressaltos os comandados de Petit saíram em vantagem para as cabines.

A segunda metade começou com Adriano Fachini a negar o segundo golo aos minhotos. Depois de um canto marcado por Rebocho, Diego Ivo cabeceou e Fachini com uma palmada evitou assim o golo ao brasileiro. Com o Nacional a ter de correr atrás do resultado, Petit baixou a equipa e começou apenas a jogar no contra ataque. A primeira tarefa foi conseguida pois, os insulares não mais criaram oportunidades para por em perigo a conquista dos três pontos por parte dos minhotos mas, por consequência foram inexistentes no ataque. Apenas de registo, ficou uma defesa de Makaridze a remate de Vítor Gonçalves à passagem do minuto 69. Destaque para Rebocho, que foi implacável na altura de defender e, para além da assistência para o golo, colocou sempre em perigo a baliza de Fachini nas bolas paradas.

Com esta vitória o Moreirense pôs fim ao ciclo de dez jogos sem ganhar para o campeonato, aumentando assim a vantagem para quatro pontos sobre os insulares. No próximo jogo a equipa de Petit recebe o Chaves.