Foi num Estádio Municipal de Aveiro praticamente despido, apenas com 128 adeptos, que se disputou esta partida em atraso do grupo C da Taça CTT. Moreirense e UD Oliveirense não foram além de um duelo sem golos.

Os minhotos jogaram um futebol rápido, ao primeiro toque, criando lances de perigo, enquanto a turma de Oliveira de Azeméis não conseguiu atormentar a baliza de Jhonatan.

No momento defensivo, a turma de Manuel Machado procurava pressionar alto, de um modo intenso. Já a UD Oliveirense, apesar de ter realizado algumas alterações no seu onze base, não teve medo de assumir a responsabilidade de ter a redondinha nos pés, quando se via na posse da mesma.

Da primeira parte, destaque apenas para duas boas chances de quebrar o nulo. Jogava-se o minuto 23 da partida, quando Koffi, vindo de uma arrancada fulgurante pela ala direita, puxou a bola para o meio e rematou à trave da baliza oliveirense.

Momentos depois, o mesmo Koffi cruzou rasteiro para Rafael Costa tentar a sua sorte, mas o resultado foi o mesmo.

Estavam reservados para a segunda metade alguns momentos importantes do jogo. Decorria o 53º minuto quando Boukassi, estreante pela UD Oliveirense, recebeu o cartão vermelho direto por uma entrada sobre Rafael Costa.

Mais tarde, o brasileiro do Moreirense não conseguiu converter um penálti, desperdiçando uma oportunidade soberana para colocar a equipa de Moreira de Cónegos em vantagem. Foi uma tarde pouco inspirada para o médio de 26 anos.

Kadú, guarda-redes da UD Oliveirense, assumiu-se como figura do encontro, fazendo boas defesas às intervenções de Zizo e Alfa. Aos 78 minutos, Tozé quase fez o golo, mas Xandão salvou os oliveirenses.

Os últimos dez minutos foram intensos e contaram com uma mão cheia de cartões amarelos. Antes do final, Cádiz e Ernest tentaram a sua sorte, mas nem um nem outro conseguiram colocar os minhotos em vantagem.

O empate deixa um sabor amargo na boca dos cónegos, que fizeram mais para merecer outro resultado.

O Moreirense e a UD Oliveirense, tal como o Vitória SC e o Feirense, que também empataram, ficam com um ponto saído das partidas inaugurais do grupo C da Taça CTT.

No próximo domingo, a formação de Manuel Machado desloca-se ao reduto do Canelas, em jogo a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal.