Image

Opinião

As Relações Internacionais dos pioneiros e dos desconhecidos
1 ano ago

As Relações Internacionais dos pioneiros e dos desconhecidos

Pode surgir como um choque a algumas pessoas saber que o núcleo mais antigo da Universidade do Minho é o Centro de Estudos do Curso de Relações Internacionais (CECRI), que …
Read More

Numerus clausus. Um dos temas mais badalados entre os estudantes de medicina
1 ano ago

Numerus clausus. Um dos temas mais badalados entre os estudantes de medicina

Ao longo dos anos, tem-se verificado a manutenção do já elevado número de vagas de acesso aos cursos de Medicina nas Universidades Portuguesas. Quando comparando este número com aquele que …
Read More

A criação de um núcleo: o que esperar?
1 ano ago

A criação de um núcleo: o que esperar?

Os núcleos e associações de estudantes de curso são (ou deveriam ser) um dos pilares fundamentais de cada licenciatura/mestrado.

Para além do que a Universidade por si só proporciona, os …
Read More

Núcleos de Estudantes: para quê?
1 ano ago

Núcleos de Estudantes: para quê?

Foi no passado ano letivo que se comemoraram os 35 anos de L(M)CC, a Licenciatura em (Matemática e) Ciências da Computação. Aquando das comemorações, realizou-se, por iniciativa do NECC (Núcleo …
Read More

Associativismo Académico: das Entranhas aos Desafios dos Núcleos da UMinho
1 ano ago

Associativismo Académico: das Entranhas aos Desafios dos Núcleos da UMinho

Reflectir sobre o Associativismo Académico é tomar em consideração uma multiplicidade de variáveis que, na essência das suas diferenças, muito caracterizam e dão forma àquele que é um dos mais …
Read More

O crescimento insustentável do MIEI
1 ano ago

O crescimento insustentável do MIEI

A Engenharia Informática na UMinho tem sido alvo de um crescimento acentuado ao longo dos últimos 6 anos. Os numerus clausus subiram, faseadamente, de 115 para 160 e, possivelmente contra …
Read More

Um desafio em representar estudantes
1 ano ago

Um desafio em representar estudantes

Entende-se por núcleo de estudantes uma estrutura representativa de estudantes de um certo regime de ensino. É algo em que os estudantes dão vida às organizações e promovem lugares de …
Read More

Homo Hierarchicus
4 anos ago

Homo Hierarchicus

Prezamos os concursos, os rankings e os prémios. O Homo Hierarchicus, como fala Louis Dumont, propenso a hierarquias, desforra-se do Homo Aequalis, propenso à igualdade. Como chegamos a esta inflexão? Read More

Qualidade de vida
4 anos ago

Qualidade de vida

A qualidade de vida também se mede. A Organização Mundial de Saúde (OMS) concebeu uma ferramenta para aferir a qualidade de vida das pessoas: o WHOQOL Read More

A encenação do poder
4 anos ago

A encenação do poder

Tive o privilégio de ter conhecido Georges Balandier como professor. Publicou, em 1980, o livro Pouvoir sur Scènes, dedicado às diversas formas de encenação do poder. Read More

Media: falecer ou renascer?
4 anos ago

Media: falecer ou renascer?

By  •  Opinião

Nos dias de hoje, temos vindo a constatar uma migração dos media tradicionais para os novos media, nomeadamente a Internet. Read More

Paixão pela burocracia
4 anos ago

Paixão pela burocracia

Nos meus primeiros tempos de Universidade, um docente não sofria de excesso de solicitação. Havia duas ou três entidades passíveis de lhe pedir iniciativas: o Diretor do Departamento, o Presidente da Escola e, eventualmente, uma ou outra comissão de curso. Quanto ao resto, raridades. Read More

Corpos comunicantes. A educação pelos sentidos no Mosteiro de Tibães – I
5 anos ago

Corpos comunicantes. A educação pelos sentidos no Mosteiro de Tibães – I

O corpo fala! Toda a gente sabe. Ray Birdwhistell insistiu nesta tecla em 1952 (Introduction to Kinesics). O corpo fala por todo o lado: cotovelos, pele, unhas, pelos, olhos, orifícios e poros. Desde a ponta dos pés até à ponta dos cabelos. Mesmo calado, o corpo consegue ser o nosso maior “banco de símbolos” (Philippe LeBreton). Não existe nicho corporal que não esteja sobreinvestido de sentido. Até fantasias como os humores, alvo, durante séculos, de sangrias medicamente assistidas. Read More

A Fraqueza das Palavras
6 anos ago

A Fraqueza das Palavras

Comam sobre a erva

Despachai-vos

Um dia ou outro

A erva comerá sobre vós

(Jacques Prévert, Fatras, 1966)

Read More

Rebaixamento
6 anos ago

Rebaixamento

Enfrentar a crise e o défice sem recurso a uma política monetária é complicado. Sem hipótese de desvalorização da moeda, adota-se uma alternativa inovadora: produz-se o “equivalente” à desvalorização da moeda, passando o protagonismo do mercado para o Estado. Trata-se, na prática, de um reforço dos poderes governamentais que nem os keynesianos sonhariam. Este cenário presta-se a tentações. Read More