O BC Barcelos falhou, este sábado, o acesso à final da Taça da Liga de Basquetebol, depois de ter sido derrotado por 72-64 pelo Benfica, em jogo das meias-finais da competição. Apesar de os comandados de José Ricardo Rodrigues terem oferecido uma excelente réplica, a equipa do Benfica conseguiu superiorizar-se, fruto dos seus melhores recursos individuais e do seu maior poderio nas áreas mais próximas do cesto.

A primeira parte do desafio foi bastante equilibrada, com ambas as equipas a dividirem o domínio do jogo. No entanto, o Benfica viria a entrar melhor na partida, revelando excelente aproveitamento da linha de três pontos e explorando com eficácia os contra-ataques rápidos. Deste modo, a turma lisboeta conquistava o primeiro período por 22-12.

No segundo quarto, o BC Barcelos conseguiu travar o contra-ataque benfiquista e ainda aniquilou os pontos fortes dos pupilos de Carlos Lisboa. Esta estratégia retirou bastante poderio ofensivo ao jogo interior da equipa encarnada, situação que os obrigou a forçar lançamentos longos. Ao intervalo, o Benfica mantinha-se na frente do marcador, mas apenas pela diferença mínima (35-34).

Na segunda parte, o Benfica voltou a entrar a melhor no desafio. Nos primeiros dez minutos, o ataque da formação lisboeta evidenciou uma melhor seleção dos seus lançamentos, explorando com bastante sucesso a força do seu jogo interior. Já o Barcelos, nunca se conseguiu impor, demonstrando inúmeras dificuldades para penetrar a muralha benfiquista. Assim sendo, no final do terceiro período, o Benfica conseguiu distanciar-se no marcador, conquistando uma vantagem de 13 pontos (56-43).

No último parcial, a turma comandada por José Ricardo Rodrigues tentou importunar o controlo de bola encarnado, através de uma pressão contundente ao portador de bola, situação que originou oportunidades de lançamento à equipa minhota. No entanto, a maior rotatividade do banco encarnado e a força do seu jogo interior desequilibraram a partida a favor do Benfica, que conseguiu carimbar a passagem à final da competição, fixando o resultado final em 72-64.

Destaques individuais para Betinho Gomes (17 pontos e nove ressaltos) e para o norte-americano Jobey Thomas (24 pontos e quatro ressaltos) do lado da formação encarnada, enquanto as performances do inevitável Marco Loncovic (16 pontos e nove ressaltos) e de Rui Coelho (14 pontos), não foram suficientes para levar o BC Barcelos à final da Taça da Liga de Basquetebol.

No próximo fim-de-semana, a formação barcelense regressa aos jogos para o campeonato, recebendo a Oliveirense, em jogo a contar para a 14ª jornada da Liga Portuguesa de Basquetebol.